São João del Rei é uma cidade histórica situada em Minas Gerais. Um destino incrível para quem curte arte, cultura, arquitetura e religião. Hoje SJDR se tornou uma cidade universitária e está ficando cada dia mais moderna, mas seu centro histórico ainda preserva suas características originais e os traços de sua história.

Apesar de ser uma cidade grande, a parte turística é pequenininha e fácil de conhecer em um dia ou em algumas horas. Sinceramente, eu acho que não há muito o que fazer em São João del Rei, principalmente se comparado com sua vizinha, Tiradentes. Porém, ainda assim vale a pena visitar a cidade para conhecer suas igrejas, sua arquitetura, obras de Aleijadinho…

Nós estivemos lá por poucas horas, pois estávamos hospedados em Tiradentes e fizemos o passeio de Maria Fumaça. Achei que não daria tempo de fazer nada, mas conseguimos aproveitar bastante e, por isso, vou compartilhar nosso roteiro com vocês:

Passeio de Maria Fumaça para São João del Rei

maria fumaça

Uma das formas mais comuns de ir até São João del Rei é fazendo o passeio de Maria Fumaça a partir de Tiradentes. É um passeio super gostoso, que sai de Tiradentes de manhã, te dá algumas horas em SJDR e volta no meio da tarde. Também é possível fazer apenas um trecho, se você preferir.

Para saber mais detalhes, como valores, horários e como funciona, você pode ler o post super completinho sobre o passeio de Maria Fumaça aqui no blog!

O que fazer em São João del Rei em 1 dia?

Se você vai fazer apenas um bate-volta na cidade, ou fazer o passeio de Maria Fumaça como nós fizemos, é importante fazer um roteiro otimizado para conseguir conhecer “tudo” em pouco tempo.

Nós chegamos na cidade por volta de meio dia, e o trem da volta saía às 15h. Ou seja, tivemos cerca de 2 horas para conhecer os pontos turísticos de São João del Rei. Apesar de curto, o tempo foi suficiente para conhecermos os locais principais, graças a uma amiga que mora lá e foi nossa “guia” pela cidade. Como ela sabia exatamente para onde ir e o que fazer, conseguimos aproveitar muito bem o tempo.

Pensando em quem vai fazer o mesmo que a gente, mas sem essa ajuda de um morador local ou guia, vou compartilhar com vocês o roteiro que fizemos, na mesma ordem.

Ah, e se quiser ver mais sobre o passeio de Maria Fumaça e nossas duas horas em São João del Rei, assista ao vlog da viagem:

Museu Ferroviário

museu ferroviário são joão del Rey

O Museu Ferroviário fica dentro da estação da Maria Fumaça em São João del Rei, então vale a pena passar lá assim que chegar. É bem pequenininho, então em 10 ou 15 minutos você consegue ver tudo.

Por ali estão expostos alguns objetos antigos, fotos e dá para ler um pouco sobre a história da ferrovia, da Maria Fumaça, etc. Mas o que eu achei mais legal é a possibilidade de ver de pertinho a máquina que fez a primeira viagem, lá em 1881. Dá para fotografar, ver como era por dentro… Bem legal! A entrada é gratuita.

Igreja de São Francisco de Assis

igreja são joão del rey

Saindo da estação ferroviária, fomos caminhando até a Igreja de São Francisco de Assis. Caminhamos por uns dez minutos para chegar lá, bem tranquilo. De todas as atrações desse roteiro, essa é a que está mais longe da estação. Preferimos começar por ali e depois ir voltando, assim, na última parada já estávamos pertinho da Maria Fumaça.

A Igreja de São Francisco de Assis foi projetada por Aleijadinho e teve sua construção iniciada em 1774. É possível visitar seu interior, mas é necessário pagar uma taxa de R$5 por pessoa. Na parte de trás da igreja encontram-se os túmulos de Tancredo Neves e sua esposa.

Igreja Nossa Senhora do Rosário

São João del Rey

Outra igreja linda que visitamos foi a de Nossa Senhora do Rosário, que é uma das mais antigas de São João del Rei. Sua construção se iniciou em 1708. Infelizmente ela estava fechada no dia em que estivemos lá, então não sei se é possível entrar para visitar seu interior.

Ao lado da igreja fica o Solar dos Neves, casa onde Tancredo Neves viveu. Também não é possível entrar, mas vale a pena ver por fora, pois a construção é uma graça e está bem conservada.

Rua das Casas Tortas

rua casas tortas sjdr

Pertinho da igreja do Rosário está a Rua das Casas Tortas, que é um lugar bem legal para fotos. É uma rua histórica, e andando por ali você tem a impressão de que as casas são… tortas.

Não há muito o que fazer, além de caminhar e fotografar — até porque a rua é bem pequena e a maioria das casas são residenciais. Porém, segundo minha amiga, existem alguns bons bares ali, então pode ser uma opção legal para quem for curtir a noite em São João del Rei.

Museu Regional de São João del Rei

Infelizmente o Museu Regional estava fechado para reformas na época da nossa visita, mas é um local que eu queria MUITO ter conhecido! Infelizmente ele segue fechado, e a previsão de reabertura é em setembro de 2020.

Segundo o site do Instituto Brasileiro de Museus, o Museu Regional de São João del Rei “é um reflexo do cotidiano mineiro dos séculos XVIII e XIX, com peças que retratam os costumes, comportamentos, profissões e crenças dos brasileiros que viveram nos períodos colonial e imperial.” Para quem curte história, acho que é uma parada imperdível!

Igreja Nossa Senhora do Carmo

igreja do carmo são joão del rey

Nossa última parada foi na Igreja Nossa Senhora do Carmo, que tem um “causo” triste e engraçado ao mesmo tempo. Na sua fachada existem alguns anjinhos que foram feitos por Aleijadinho e fazem com que ela seja ainda mais linda.

Porém, há alguns anos, um estudante da cidade que estava bêbado decidiu “escalar” a igreja e, quando apoiou no anjo, ele caiu e se quebrou inteiro. Ele foi reformado e colocado de volta, mas ainda estava sem braço. É triste, né? Mas é uma história tão absurda que fica até engraçada.

Como não conseguimos visitar o Museu Regional, sobrou um tempinho antes de pegarmos a Maria Fumaça de volta e nós paramos para tomar um café. Existem vários cafés bem bonitinhos na cidade, e acho que vale a pena parar para comer uma boa comidinha mineira e ver o tempo passar se não estiver com pressa.

Com certeza há mais o que fazer em São João del Rei, mas isso foi o que conseguimos ver no pouco tempo que estivemos por lá. Gostou das dicas? Vai combinar sua visita a SJDR com Tiradentes? Então leia o post com dicas de O que fazer em Tiradentes.


Vai viajar? Faça suas reservas com nossos parceiros!

Fazendo suas reservas com as empresas parceiras, você não paga nada a mais por isso e ajuda o blog a se manter, pois a cada venda nós ganhamos uma pequena comissão. Dessa forma, podemos continuar produzindo conteúdo gratuito e te ajudando a viajar mais e mais! Só indicamos empresas de nossa confiança!
 
Author

Débora, 24 anos, apaixonada por viagens e fotografia. Quanto mais eu viajo, mais eu quero viajar. Quanto mais eu conheço o mundo, mais eu me apaixono por ele...

Escreva um comentário