Navigation Menu

Passeio de quadriciclo em Natal + passeio de catamarã

Natal é uma cidade incrível e com vários passeios super legais e divertidos para se fazer. Tem atividades para todos os gostos, desde os mais tranquilos até os mais radicais. Um dos mais populares e que está no meio termo — que é super relax e ao mesmo tempo uma super aventura — é o passeio de quadriciclo em Natal.

Para vocês terem uma ideia de como esse passeio é incrível e para toda a família, eu estava com meus pais, meu irmão de oito anos e minha avó. Foi super tranquilo e todo mundo amou! Nosso passeio foi feito com a empresa Terra Molhada, uma das mais renomadas de Natal quando o assunto é turismo de aventura.


Passeio de quadriciclo em Natal

O passeio tem duração de aproximadamente 3 horas e é feito em grupo, acompanhado de um guia e um fotógrafo. O meu grupo tinha aproximadamente 15 quadriciclos, e todos devem ir andando juntos e em fila. O guia estava a todo tempo verificando se estavam todos juntos e se ninguém havia ficado para trás. Andávamos em uma velocidade boa e que dava para todo mundo acompanhar. Mas, se você preferir, a empresa também oferece passeios particulares.

A Terra Molhada possui dois tipos de quadriciclo, o manual e o automático. O que nós usamos e o que eu recomendo é o automático, pois ele é muito fácil de usar. Só era preciso acelerar com uma mão e freiar com a outra, enquanto o manual exige a troca de marchas com os pés.

O passeio de quadriciclo em Natal acontece três vezes ao dia, de manhã, na hora do almoço e de tarde, e você pode escolher o que achar melhor. Mas é preciso fazer a reserva com antecedência.

Quanto custa?

Para esse passeio em grupo, os valores variam de acordo com o tipo de quadriciclo. O valor mínimo é R$200*, em um quadriciclo simples manual. Os automáticos são mais caros e o valor depende da cilindrada e do modelo do veículo. Lembrando que esse é o preço do aluguel do quadriciclo (e não por pessoa), sendo que nele cabem até dois adultos — e alguns ainda cabem uma criança.

* Esse valor é referente a julho de 2017 e pode ser alterado a qualquer momento.

"E se eu não souber dirigir?"

Não tem problema nenhum! Não é preciso ter carteira de motorista para fazer o passeio, e guiar o quadriciclo é bem tranquilo. Eu tenho carteira a pouco tempo e dirijo muito raramente, mas mesmo assim consegui pilotar o quadriciclo durante todo o trajeto e foi super tranquilo e divertido. A idade mínima para pilotar é 16 anos, desde que tenha autorização do responsável.

Em uma das paradas do passeio — em um lugar plano e sem movimento — até as crianças puderam dirigir acompanhadas pelo responsável. Meu irmão e minha avó deram algumas voltinhas e adoraram! E fique tranquilo pois é tudo muito seguro!


Fotografia

Durante todo o passeio, um fotógrafo acompanha o grupo com uma moto. Ele faz várias fotos de todo mundo durante o trajeto e em todas as paradas. No fim, você pode comprar o CD com todas as fotos, se tiver interesse. O valor é R$30 se for pago em dinheiro e R$40 no cartão.

É importante saber que você será fotografado durante todo o passeio e todo mundo do seu grupo que comprar o CD levará suas fotos para casa. Não é possível separar as fotos nem pedir para apagar as que você aparece. 

Que tipo de roupa usar?

Antes de fazer o passeio eu li vários relatos de outras pessoas e o que todo mundo diz é "vá com uma roupa que você não tenha dó, porque vai sujar muito, manchar e vai ser quase impossível usar as roupas novamente". Fiquei super assustada achando que iam me jogar na lama (risos), mas não me sujei quase nada.

Uma das paradas é em uma lagoa com muito minério de ferro, e a areia desse lugar é bem amarela e realmente mancha. Mas ela só manchou um pedacinho da barra da minha calça, nada demais.

O mais importante é usar roupas confortáveis e muito protetor solar! Não é necessário usar tênis — na verdade, o ideal é ir de chinelo, já que há paradas para nadar nas lagoas. Talvez o tênis possa ajudar se você for pilotar o quadriciclo manual, mas no automático é desnecessário.

O que levar?

O mínimo de coisas possível! O quadriciclo até tem um espaço para guardar coisas, mas é pequeno. É ideal para guardar apenas a câmera, uma garrafinha de água, o protetor solar e seus documentos. Leve somente o que for essencial, porque não dá para ficar com a mochila nas costas ou a bolsa pendurada.

No ponto de apoio da Terra Molhada tem armários para guardar os objetos que você não for levar durante o passeio, e você fica com a chave.


O roteiro do passeio de quadriciclo em Natal

Como eu disse, estamos em grupo e temos que acompanhar todos no roteiro liderado pelo guia. Não é permitido fazer outro trajeto! Mas o roteiro que a Terra Molhada faz é muito legal e não há porque querer fazer algo diferente. As principais atrações do passeio são as lagoas do litoral sul, que são maravilhosas e bem diferentes uma das outras.

Ponto de apoio

Primeiro um ônibus da Terra Molhada busca todos do grupo no local onde estiverem hospedados — em Ponta Negra e em alguns outros lugares específicos. Eles nos buscaram por volta de 8h40, mas nós fomos quase os últimos, então preparem-se para acordar cedo! De lá nós fomos para o ponto de apoio da empresa, que fica em Pirangi do Sul - Nísia Floresta. Depois do passeio, o mesmo ônibus leva todos de volta para o hotel!

Nesse ponto de apoio a equipe da Terra Molhada nos deu as boas vindas e nos passou as instruções principais. Explicaram o roteiro e nos deram um termo de responsabilidade para assinar. Depois disso é feito o pagamento, a entrega dos quadriciclos e dos equipamentos e depois o "teste drive", apenas para aprendermos como o quadriciclo funciona. E então, saímos todos em fila para começar o passeio!

Quem quiser passar um tempinho nesse ponto de apoio após os passeios pode almoçar no restaurante, usar a piscina e descansar um pouquinho. A estrutura é excelente!

Lagoa de Alcaçuz


A Lagoa de Alcaçuz é a primeira parada do passeio. Um lugar maravilhoso e muito gostoso, dá vontade de passar o dia inteiro por ali. A água da lagoa é limpinha e tem uma temperatura muito boa. Tem também um lugar que vende bebidas e algumas mesas na areia, além de redes dentro da água — que infelizmente não dá para curtir muito, já que todo mundo quer fazer fotos. A parada dura cerca meia hora e depois seguimos para o próximo local.

Lagoa Amarela



A segunda parada é na Lagoa Amarela, um lugar lindo e bem diferente. Infelizmente não dá para entrar na água pois ela contém muito minério de ferro, mas mesmo assim essa parada é super legal. Como ela é bem vazia e plana, nesse local as crianças podem dar uma voltinha pilotando o quadriciclo — junto com o responsável.

Lagoa da Juventude



Por fim, a última parada é na Lagoa da Juventude. Ela é muito bonita e bem tranquila também, perfeita para as crianças brincarem, já que é bem rasa. A água dessa lagoa já é bem gelada, mas é ótimo para refrescar um pouco, depois de horas passeando debaixo do sol. Ficamos mais ou menos 30 minutos nessa lagoa e depois já é hora de voltar para o ponto de apoio.

Durante essa parada o guia do passeio passa o cardápio do restaurante da Terra Molhada para quem quiser fazer um "pré-pedido" para o almoço. Assim o pessoal do restaurante já vai adiantando os pratos e assim que o grupo retorna ao ponto de apoio os pedidos começam a ser feitos e ficam prontos rapidinho. Nós pedimos um escondidinho de carne seca e um peixe frito, que veio acompanhado de fritas, arroz, feijão e farofa. Estava uma delícia e foi mais que suficiente para quatro adultos e uma criança.

Passeio de catamarã em Natal


Outro passeio incrível oferecido pela Terra Molhada é o catamarã, que dura aproximadamente 2 horas e tem uma parada nas piscinas naturais de Pirangi para fazer snorkeling. Saímos do ponto de apoio da empresa com uma van que nos leva até a praia onde o catamarã está. No fim, a mesma van nos leva de volta. O horário do passeio é definido de acordo com a maré, então pode variar a cada dia — e pode nem acontecer em alguns dias, por questão de segurança.

Só o passeio de barco já é uma delícia, tem vistas lindas, músicas e ainda dá para comprar churrasquinho e bebidas. A parada nas piscinas naturais é a melhor parte. A máscara e o snorkel já estão inclusos no valor pago, e você pode usá-los durante todo o tempo que estiver lá. É um lugar maravilhoso, tem vários peixinhos e a parada é de aproximadamente 1 hora, então dá para aproveitar bastante!



Depois ainda fizemos um "tour" por quatro praias: Pirangi do Sul, Pirangi do Norte, Pirambúzios e Cotuvelo. Não é possível parar em nenhuma, mas o guia vai nos contando as histórias do lugar e mostrando outros lugares curiosos/importantes.

O passeio terminou, nós voltamos para a Terra Molhada, almoçamos e logo em seguida pegamos o ônibus de volta para o hotel. Foi um dia bem intenso, já que fizemos um passeio logo após o outro, mas foi incrível! Muita experiência legal e paisagens lindas. O passeio de quadriciclo em Natal vale muito a pena, assim como o catamarã!

Se gostou das dicas, me segue no instagram para acompanhar as próximas viagens em tempo real! E não deixe de conhecer a Terra Molhada e reservar seus passeios com antecedência!

Os dois passeios foram cortesias oferecidas pela empresa, para que pudéssemos conhecê-los e compartilhar a experiência com vocês! O Foco no Mundo agradece e lembra que todas as opiniões contidas aqui são verdadeiras e relacionadas à minha experiência.

0 comentários:

Obrigada pelo comentário! Clique em "Notifique-me" se quiser receber a resposta por e-mail!

Siga! @blogfoconomundo