BrasilDestino RBBVHospedagemparceria

Dica de hospedagem em São Paulo: The Hostel Paulista

thehostel-3

Se você já foi ou está planejando uma viagem para São Paulo, já deve ter percebido que os preços de hospedagem são um pouco elevados, não é? Então hoje eu vou dar uma dica de hospedagem barata, confortável, com uma ótima estrutura e um ambiente super agradável: o The Hostel Paulista.

É uma ótima opção para quem quer economizar na capital paulista, estando em uma excelente localização, em um lugar legal e bem tranquilo.

Foto retirada do site do The Hostel Paulista

Localização

Um dos principais motivos que me fez escolher o The Hostel Paulista foi sua localização. Ele está há menos de dois quarteirões da Av. Paulista e há 3 minutos andando da estação de metrô Trianon-Masp. Ele está muito próximo ao MASP e à Faculdade Casper Líbero. 
Em frente ao hostel tem um supermercado, na esquina tem uma padaria e há poucos minutos andando você encontra dois shoppings, várias lojas, restaurantes, fast food e todo tipo de comércio. É uma região bem tranquila, eu ia da Casper até o hostel andando todos os dias tarde da noite e não tive nenhum problema. 

Quartos

O The Hostel Paulista possui quartos privativos, para até quatro pessoas, e quartos compartilhados. Os compartilhados são para 6 ou 8 pessoas, podendo ser feminino ou misto. Eu fiquei em um misto para seis pessoas e foi muito tranquilo. O quarto é pequeno, mas é bem confortável. Ele possui três beliches e armários individuais bem grandes, que cabia uma mala pequena, um mochilão e uma mochila normal, e ainda sobrava um espacinho. 
Cada cama possui uma luminária e uma tomada, o que eu acho fundamental em quartos compartilhados. A única coisa que eu não gostei muito foi de uma capa plástica que serve para proteger os colchões, que acabava fazendo um pouco de barulho quando eu me mexia. Mas isso não me atrapalhou a dormir, só me incomodava um pouco enquanto eu ainda estava acordada.
Nenhum dos quartos possui ar condicionado, mas tem ventilador e uma janela bem grande, o que deixava o quarto bem arejado o dia inteiro. 

Banheiros

Apenas dois quartos privativos possuem banheiros individuais, todos os outros são com banheiros compartilhados. Eu fiquei no segundo andar, e lá haviam dois vestiários (com dois chuveiros e um vaso sanitário) e dois banheiros completos — um deles ficava de frente para o meu quarto.
Foto retirada do site do The Hostel Paulista
Eles estavam sempre muito limpinhos e eu raramente os encontrava ocupados. O chuveiro é bem gostoso, sai bastante água e é bem quentinho. O único “problema” é que um dos banheiros estava com a parede perto do chuveiro bem feia, precisando de uma reforminha. Mas isso é mais uma questão visual e não atrapalha em nada o banho.

Serviços e atendimento

Eu adorei todos os funcionários do hostel, super divertidos, simpáticos e muito solícitos. Em relação aos serviços, na minha opinião eles oferecem tudo que é importante em um hostel.

O The Hostel Paulista oferece toalhas de banho, café da manhã e wifi gratuitos. O Wifi não funcionava muito bem no quarto em que eu estava, que era o mais afastado da recepção, mas nas outras áreas do hostel a conexão era boa.

Lá também tem uma área para lavar roupas e, se precisar, eles emprestam um ferro de passar. Secador e prancha de cabelo também podem ser emprestados. E se você precisar de um cadeado para fechar seu armário, é só deixar dez reais como garantia na recepção e quando você devolver o cadeado eles devolvem seu dinheiro.

A cozinha é bem arrumadinha e bem equipada, e fica livre para quem quiser cozinhar. Eles também vendem água e outras bebidas que não sejam alcoólicas. O preço não é muito amigável, mas é ótimo casos de “emergência”.

Café da manhã

O café da manhã é gratuito, bem simples e muito gostoso. Para beber tinha café, suco, leite e achocolatado. Para comer tinha torrada, pão, bolo, biscoito, frios, geleia e frutas. Além disso, há uma torradeira e uma sanduicheira.
Eu só consegui tomar café da manhã dois dias, porque ele sempre acabava mais cedo do que eu conseguia acordar. De segunda a sábado o café rola de 07h as 09h e no domingo é de 08h as 10h.

Estrutura

O The Hostel Paulista é bem grande, tem vários quartos e no primeiro dia eu achei que estava em um labirinto, de tantos corredores que há por lá. Mas rapidinho aprendi o meu caminho e não me perdi nenhuma vez, rs. Além de toda a estrutura que já citei — quartos, banheiros, vestiários, lavanderia e cozinha, o hostel possui outras salas.

Tem a sala de leitura, que tem poltronas e colchões para quem quiser usar o computador, ler seus livros, pegar um emprestado ou ler revistas em quadrinho <3. Também tem uma sala de meditação, um escritório com computadores disponíveis e uma sala de TV. É uma estrutura super completa, com tudo que a gente precisa e até aquilo que a gente nem sabia que precisava.

The Hostel Paulista

Rua Pamplona, 795 – Jardim Paulista – São Paulo
Telefone: +55 11 4327-2753
Site: http://www.thehostelpaulista.com.br/
Parte da minha hospedagem no The Hostel Paulista foi cortesia do hostel. O Foco no Mundo agradece e lembra que todas as opiniões contidas aqui são verdadeiras e relacionadas à minha experiência.
0
Débora Resende
Débora Resende

Débora, 22 anos, apaixonada por viagens e fotografia. Quanto mais eu viajo, mais eu quero viajar. Quanto mais eu conheço o mundo, mais eu me apaixono por ele…

4 Comments

Leave a Comment