Navigation Menu

Guia de compras no Paraguai: melhores lojas e alfândega


O Paraguai por muito tempo foi associado a produtos falsificados e a contrabando. Mas hoje, fazer compras no Paraguai é sinônimo de produtos de qualidade, originais e por um preço muito menor que no Brasil. Claro que ainda há muita falsificação e muita "porcaria" no país, mas não é difícil diferenciar um produto do outro.

Estou escrevendo esse post em um notebook que foi comprado lá, em Ciudad del Este. Por ser uma coisa cara, muita gente ficou preocupada com as chances de eu acabar comprando um produto falso. Principalmente pelo fato dele custar cerca de 1/3 do valor brasileiro. Estranho, né? Na verdade, não! Essa diferença enorme de preço se dá pelas baixas – ou inexistentes – taxas de importação no Paraguai, além de outros fatores que você pode ver aqui.

Mas, claro, não dá para chegar em qualquer camelô no meio da rua e esperar encontrar um Iphone, um relógio ou um perfume originais. É preciso escolher uma loja confiável e com boas recomendações. E também é preciso lembrar que, dependendo do valor da sua compra você precisa pagar o imposto de importação na alfândega. Pois é, infelizmente é muito difícil escapar dos impostos brasileiros. Mas, ainda assim, na maioria das vezes é muito vantajoso fazer compras no Paraguai.

Quais são as melhores lojas?

O mais importante na hora de fazer compras no Paraguai é a escolha das lojas. Não adianta procurar apenas por aquelas que tem o preço mais baixo. É preciso saber se a loja é confiável e se seus produtos são originais. O ideal é dar preferência para as lojas que foram indicadas por alguém, que já comprou ali e não teve problemas.

Antes de ir eu pesquisei muito em blogs e grupos do Facebook, então vou citar as lojas que ouvi falar muito bem. Mas, eu não fiz compras em todas elas e, obviamente, não me responsabilizo caso você tenha algum problema nas lojas indicadas.

Loja de eletrônicos no Paraguai

Segundo minhas pesquisas, a Mega Eletrônicos é uma das lojas de eletrônicos mais confiáveis do Paraguai, além de ser uma das mais baratas. Foi lá que eu comprei meu Macbook, o modelador de cachos e minha avó comprou dois celulares. Eu pesquisei preços em várias lojas que me indicaram e essa foi onde eu encontrei os produtos mais baratos.

Ela é revendedora autorizada da Apple, então é uma excelente e confiável opção para quem quer comprar eletrônicos dessa marca. Eles vendem qualquer tipo de eletrônico que você pode imaginar, e uma grande vantagem é que há uma área para testes, então você pode ver se o produto está funcionando antes de sair do Paraguai.

Outras lojas que vi muita gente falando bem, mas que eu não conheci, foram a Cellshop, Casa Nissei e Centro Pioneer.

Lojas de cosméticos no Paraguai

O que não falta no Paraguai são lojas de cosméticos e maquiagem. Eu fiz compras em duas lojas diferentes, a Charme e a Elegância. Elas vendem basicamente os mesmos produtos, que são perfumes, maquiagem, produtos para cabelos e outros cosméticos e acessórios. No dia que eu fui, os produtos para cabelos estavam um pouco mais baratos na Charme.

É possível encontrar cosméticos de muitas marcas, inclusive aquelas mais famosinhas que costumam ser bem caras no Brasil. Pelo que eu percebi, os preços são bem semelhantes aos praticados nos Estados Unidos.

Diversas outras lojas são citadas como confiáveis por muita gente, como a Tiffany's, Amadeus, S.A Shop, Terra Nova e Ponto Com. 

Outras lojas no Paraguai

Há, ainda, muitas outras lojas que vendem produtos muito variados. O Shopping China, por exemplo, é uma loja imensa que vende desde cosméticos até eletrônicos, passando por brinquedos, alimentos, itens de decoração, roupas, entre outros... Eu entrei nessa loja e me surpreendi com seu tamanho, mas acabei não comprando nada.

A Monalisa é uma das lojas mais famosas de Ciudad del Este. Ela é uma espécie de galeria que vende diversos tipos de produtos de marcas famosas e um pouco mais caras. 

Real ou dólar? Qual moeda levar?

Qual a melhor forma de pagamento? Eis a grande questão. Todas as lojas no Paraguai aceitam tanto o real quanto o dólar, além de Guarani que é a moeda paraguaia. É possível pagar em dinheiro e a maioria das lojas aceita cartão de crédito, mas ele precisa ser internacional e não é possível parcelar. Além disso, no cartão de crédito é preciso pagar IOF (6,38%), então é bom fazer as contas para ver se vale a pena.

O preço de todos os produtos, em qualquer loja, é dado em dólares. O valor convertido para o real varia de acordo com a cotação do dólar no dia e esse valor pode variar de loja para loja.

Na minha opinião, é melhor levar real. Eu fiquei quase um mês acompanhando as cotações para ver o que seria melhor e percebi que:

 - O valor do dólar nas lojas do Paraguai estava igual ou alguns centavos mais barato que nas casas de câmbio. Por exemplo, enquanto escrevo esse post, a cotação do dólar está R$3,29. Na Mega Eletrônicos o dólar está R$3,45 e na casa de câmbio mais barata de Belo Horizonte o dólar está R$3,49. 

- Além disso, se eu fosse trocar o dinheiro, eu teria que pagar mais 1,38% de IOF. Levando real, eu economizei mais essa taxa que pode parecer pequena, mas pode fazer muita diferença para quem for levar uma alta quantia.
Então, a menos que você consiga comprar o dólar de alguém que voltou de viagem ou que consiga um preço muito bom, eu recomendo que leve real e evite o cartão de crédito! Claro que é preciso tomar cuidado, mas eu achei bem tranquilo andar com dinheiro por lá.

Preciso declarar minhas compras na alfândega?

Eu expliquei tudo direitinho no vídeo que está no começo do post, então assiste lá para não ter nenhuma dúvida (a partir do minuto 6:36). Mas, resumindo, cada pessoa tem o direito de comprar 300 dólares no Paraguai. Tudo que ultrapassar esse valor, será tributado em 50%. Ou seja, se você comprar um notebook de 900 dólares, terá excedido 600 dólares do máximo permitido. Sendo assim, você terá que pagar 300 dólares de taxa na alfândega, correspondente a 50% do valor excedido.

Não deixe de assistir o vídeo, pois lá eu conto sobre a minha experiência e sobre o que acontece caso você "decida" não pagar o imposto.

Dicas para quem vai fazer compras no Paraguai

- Se você levar dinheiro vivo para comprar eletrônicos ou outros produtos que sejam grandes demais para ficar carregando, algumas lojas permite que você faça a compra e busque o produto depois. 

Por exemplo, eu fui comprar meu notebook assim que cheguei no Paraguai, escolhi, fiz o pagamento e guardei a notinha. Depois, antes de ir embora e depois de ter andando em várias lojas, voltei lá para buscar o notebook. Assim, não precisei ficar andando com o dinheiro na bolsa nem ficar carregando a caixa pesada e que chama a atenção.

- Dá para ir de ônibus para a Ciudad del Este, saindo de Foz do Iguaçu. Mas, por uma questão de conforto e segurança, eu indico que contratem um transfer. Eu fui com o transfer da agência Combo Iguassu, que foi parceira do blog nessa viagem!

- Se tiver tempo, faça uma boa pesquisa de preços antes de comprar os produtos. Os valores podem variar muito de uma loja para a outra.

- Não dê muita ideia para os vendedores ambulantes (principalmente para os que vendem meias) e para as pessoas que ficam oferecendo "ajuda". Se deixar, eles vão ficar andando atrás de você um tempão tentando te convencer a comprar qualquer coisa que eles estiverem vendendo. Não tenha medo de parecer rude, simplesmente ignore.
Ah, além de fazer compras, também é possível fazer um city tour em Ciudad del Este. Leia mais no blog Juny pelo mundo!

Espero muito que essas dicas ajudem vocês que estão indo fazer compras no Paraguai. Se você já foi à Ciudad del Este, deixe um comentário contando pra gente quais são suas lojas preferidas!

28 comentários:

  1. Que ótimo guia, Débora! A gente tende mesmo a achar que é tudo falsificado, seu post ajuda a desmistificar isso. Adorei as dicas. :)

    ResponderExcluir
  2. Muito legais essas dicas. Tem muitos anos que fui lá e não lembrava de um monte, fora que sempre tem coisas novas! Valeu!

    ResponderExcluir
  3. Esses caras da meia sao um inferrnooo! Nao da pra dar moral ! Legal ressaltar que nem tudo é falsificado né, tem que achar a loja certa. Boas dicas e tb confio na Mega. Comprei lá e tá tudo perfeito ate hj!

    ResponderExcluir
  4. Acaba sendo uma opção bem interessante de compra pra quem vai visitar Foz,estivemos a algumas semanas mas como não tínhamos intenção de comprar nada acabamos não indo pro Paraguai e assim aproveitamos um pouco mais a cidade, mas em uma próxima visita já planejamos vsitar.

    ResponderExcluir
  5. Ótimas dicas Débora! Fui recentemente e achei um paraíso para compras! A Elegância foi um paraíso. Para quem quer comprar cosméticos, não deixe de ir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nem pude olhar muito, senão levava a loja inteira! hahah

      Excluir
  6. Excelente post, realmente as coisas são bem baratas lá, inclusive são bem mais baratas que no duty free da Argentina. Eu pessoalmente não tenho boas lembranças desta cidade (problemas com hotel e Cia Aérea), mas nunca tive problema com compras, inclusive sempre que comprei gostei dos produtos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nem fui no Duty Free pq me falaram que não valia muito a pena (e não tinha tempo, rs)

      Excluir
  7. caramba, só assim pra conseguir comprar alguma coisa ali no Paraguai. Quando eu fui, voltei correndo, achei bem zoneado e tenho pouca paciência para lugares assim. Mas com esse roteirinho na mão fica beeeeeeem mais fácil e possível.
    Camilla Kafino

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem zoneado mesmo, tem que ter paciência rs

      Excluir
  8. Morro de vontade de ir ao Paraguai fazer compras, Débora! Gostei das dicas, ainda quero ir um dia comprar bastante cosmético e se o preço ajudar algum eletrônico, vamos em busca do PS4, com certeza melhor que aqui no Brasil o preço vai estar rs.
    Vou anotar os nomes das lojas, o post está ótimo bem detalhadinho :)
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Ficou maravilhoso o guia!!! Ótimas dicas!!!!

    ResponderExcluir
  10. Débora arrasou nas dicas, ainda não conheço o Paraguai mas a gente ouve falar tanta coisa confusa, uns dizem que vale a pena, outros dizem que não e é muito bom quando temos um post bem completinho como o seu dando ótimas dicas.

    ResponderExcluir
  11. paraguai é vida! muitas coisas são bem mais baratas e realmente vale a pena, até comprei um shampoo da Aussie por 2,50 USD! fiquei chocada! só precisa cuidar no voo da volta, principalmente se vc levar notebook sem ter comprado lá...ah e ir com antecedencia pq o negocio demooora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nem levei meu antigo notebook pra não ter problemas, rs

      Excluir
  12. Muito completo seu texto. Adorei. Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Débora, ótimas dicas! Todo mundo tem muitas dúvidas sobre compras no Paraguai e seu post foi muito esclarecedor.

    ResponderExcluir
  14. Já quero correr para o Paraguai fazer umas comprinhas rs, a lista é grande, só me falta o dinheiro ;) Adorei as dicas
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Adorei o post Débora, super explicativo, não tem como acabar de ler e ter alguma dúvida. Parabéns.

    ResponderExcluir
  16. O guia ficou super completo!
    Uma das melhores coisa quando se vai em Foz é poder fazer compras no Paraguai! <3

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentário! Clique em "Notifique-me" se quiser receber a resposta por e-mail!

Siga! @blogfoconomundo