fbpx

Atualmente, o número de viagens de avião tem aumentado consideravelmente em relação há alguns anos, quando a busca por este tipo de viagem era bem menor. Os aeroportos têm estado cada vez mais cheios e, com isso, as chances de passar por algum problema como o extravio de bagagem pode aumentar também.

É uma situação desgastante para quem chega ao destino ou ao final da viagem e descobre que tem que lidar com este pequeno imprevisto. Não só pela dor de cabeça e pelo tempo perdido, mas também pelo fato de estar sem seus pertences pessoais e não saber quando vai tê-los de volta.

Por isso, é importante saber quais são seus direitos e deveres nesse momento, para que sejam tomadas as medidas cabíveis e para que seja possível a recuperação de suas bagagens sem muito estresse.

Pensando nisso, neste texto você encontra algumas informações importantes sobre o extravio de bagagem, como proceder e todos os seus direitos neste caso.

O que fazer em casos de extravio de bagagem?

Inicialmente, é importante manter a calma e saber que existem direitos que garantem uma assistência por parte das companhias aéreas em caso de bagagem extraviada ou perdida.

O primeiro passo é comunicar a companhia aérea sobre o extravio da bagagem, e é importante fazer isso ainda na área de desembarque. Os guichês para esse tipo de reclamação geralmente ficam próximos das esteiras de malas. Seu cartão de embarque deve estar sempre em mãos, assim como o comprovante de bagagem que você recebeu na hora de despachar.

Peça o Registro de Irregularidade de Bagagem (RIB) ao funcionário da companhia aérea. Com este documento, o passageiro realiza o registro da perda ou extravio de bagagem. Apesar de ser possível fazer a reclamação até sete dias após o desembarque em casos de voos domésticos (e 21 dias em voos internacionais), recomenda-se que faça a queixa o quanto antes para aumentar as chances de recuperação de seus pertences.

Além do preenchimento do RIB, o passageiro também pode registrar o ocorrido ao escritório da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil). Quando não houver o escritório no próprio aeroporto, o registro pode ocorrer por telefone.

Em casos de bagagens que chegam faltando itens, é indicado o registro de um Boletim de Ocorrências (BO), declarando os objetos faltantes e o valor estimado de cada um deles.

Quais as obrigações da companhia aérea?

extravio de bagagem indenização

A companhia aérea tem a obrigação de oferecer uma compensação financeira para custear compras de primeira necessidade, quando comprovado o extravio de bagagem do passageiro.

Em casos de voos domésticos, esse valor compensatório gira em torno de R$380,00. Já em casos de voos internacionais, o valor pode chegar até a US$ 150,00. Se o extravio aconteceu no voo de ida, é necessário que o passageiro guarde os recibos de tudo o que precisar comprar pela falta de bagagem (como roupas, calçados, roupas íntimas, itens de higiene pessoal, entre outros). Estes gastos também devem ser custeados pela companhia aérea.

A empresa define a forma e os limites diários desse ressarcimento e possui até sete dias para efetuar o pagamento, contando desde a apresentação dos comprovantes de compra do passageiro.

Como solicitar a indenização em caso de extravio de bagagem?

Muitas vezes, as companhias aéreas pagam somente o valor mínimo exigido em casos de extravio de bagagem, sendo que esse valor pode não ser suficiente para ressarcir o prejuízo do passageiro.

O cliente que se sentir lesado pela situação, pode também entrar com um processo por danos morais contra a empresa aérea devido à perda de seus pertences e todo o transtorno causado pela situação.

O valor de indenização por extravio de bagagem pode chegar a R$3.450,00 de acordo com a legislação brasileira.

A Voe Tranquilo pode auxiliar nesses casos, realizando uma análise da situação através de uma consulta rápida e gratuita e auxiliando o passageiro a receber sua indenização sem sair de casa.

Você responde um formulário simples, com perguntas sobre o seu problema com a companhia aérea e descobre na hora se há o direito de compensação. Se for o caso, a Voe Tranquilo cuida de toda a parte burocrática, oferecendo uma assistência nesse processo e buscando uma experiência mais tranquila para os passageiros na busca por sua indenização.

Realizando essa busca por meio da Voe Tranquilo, é possível chegar ao valor de até R$8.000 reais de indenização por danos morais. Tudo o que você tem que fazer é deixar que ele trabalhem e esperar o dinheiro cair em sua conta.

É possível pedir uma indenização pelas bagagens extraviadas em qualquer viagem nos últimos 5 anos! 

Dicas para evitar a perda de bagagem

Mesmo sabendo que o extravio de bagagem depende mais da sua sorte do que dos seus cuidados, algumas atitudes podem diminuir o risco desse tipo de situação. Dentre elas, está a identificação de bagagens.

Você pode colar adesivos ou utilizar tags de mala contendo informações de contato (nome, telefone, endereço), etiquetas no interior da mala e até a colagem de sua própria foto a fim de identificar a mala e inibir possíveis furtos.

Essas ações podem diminuir o risco de extravio, evitar confusões ou desencontro de informações, auxiliar na identificação da mala do passageiro, evitar trocas por engano, etc.
Caso ainda assim ocorra este problema, agora você já sabe o que fazer nessas situações e como deve buscar pelos seus direitos.

Se você já passou por essa situação e acredita que este é um conteúdo útil, compartilhe o post em suas redes sociais para que mais pessoas tenham essas informações antes de viajar!


Vai viajar? Faça suas reservas com nossos parceiros!

Fazendo suas reservas com as empresas parceiras, você não paga nada a mais por isso e ajuda o blog a se manter, pois a cada venda nós ganhamos uma pequena comissão. Dessa forma, podemos continuar produzindo conteúdo gratuito e te ajudando a viajar mais e mais! Só indicamos empresas de nossa confiança!
 
Author

Débora, 24 anos, apaixonada por viagens e fotografia. Quanto mais eu viajo, mais eu quero viajar. Quanto mais eu conheço o mundo, mais eu me apaixono por ele...

Escreva um comentário