O passeio para a Laguna Cejar é cheio de experiências legais, que vão desde a possibilidade de nadar em uma lagoa salgada sem afundar até assistir o pôr do sol em um lugar maravilhoso. É perfeito para quem curte nadar ou para quem está buscando passeios no Atacama mais divertidos e menos cansativos para encaixar no roteiro.

Mas será que vale mesmo a pena visitar a Laguna Cejar? Quais são as outras paradas desse passeio? O que levar? Quanto custa? Tem uma boa estrutura? Essas e outras perguntas serão respondidas a seguir:

Laguna Cejar no Atacama: como foi o roteiro?

Nós fizemos esse e outros passeios no Deserto do Atacama com a agência Destino Chile. É uma empresa com foco em brasileiros, atendimento em português, pagamento em R$ e a possibilidade de parcelamento em até 12x.

O combinado era nos encontrarmos na Avenida Caracoles entre 15h30 e 15h45, e assim fizemos. Dentro do horário marcado o guia levou todos do grupo para a van e então seguimos nosso caminho.

Esse passeio faz três paradas: Laguna Cejar, onde podemos nadar na lagoa que não afunda; Ojos del Salar, lagoa de água doce também própria para banho e onde fizemos nosso lanche; Laguna Tebinquinche, onde assistimos o pôr do sol.

Laguna Cejar

laguna piedras atacama

O nome “oficial” desse local é Lagunas Cejar y Piedra, porque são duas lagoas diferentes. A Cejar, que é a que dá nome ao passeio, está fechada para banho, ou seja, não é permitido entrar nela. Já a Laguna Piedra é a que realmente atrai os turistas para esse passeio, onde podemos nadar e boiar sem fazer nenhum esforço.

laguna cejar y piedra

O valor do ingresso é 10 mil pesos chilenos para entrada até as 14h, e 15 mil pesos chilenos para entrada após as 14h. Todas as agências que eu vi fazem o passeio de tarde, e na minha opinião essa é a melhor opção. Primeiro por causa da temperatura (a água é MUITO gelada e de manhã faz um friozinho nada legal para nadar) e segundo para combinar o passeio com o pôr do sol.

Lembrando que o valor do ingresso é pago a parte, viu? Você tem que levar em dinheiro para fazer o pagamento na hora.

Apesar de ser uma lagoa, o local parece muito uma praia. A lagoa é enorme, no começo é bem raso e em frente vai ficando mais fundo e, claro, tem o fato da água ser salgada. A diferença é que nessa “praia” não tem ondas.

Nós tivemos cerca de 1 hora para ficar por ali, o que é mais que suficiente. Não é recomendado ficar mais que 15/20 minutos dentro da lagoa, já que a alta concentração de sal pode machucar a pele. Além disso, cabeça e rosto devem ser mantidos fora da agua.

A estrutura do local é muito boa, e saindo da lagoa é possível tomar uma ducha e depois se trocar no vestiário, que tem várias cabines individuais. A ducha é de água doce, coisa rara no deserto, então é importante usar com consciência e não desperdiçar.

laguna cejar atacama

Depois de trocar de roupa, fomos até a Laguna Cejar apenas para fotografar, já que não é permitido entrar nela. Também é bem bonita, mas bem parecida com a Laguna Piedras.

Ojos del Salar

ojos del salar atacama

Saindo das lagunas, nossa segunda parada foi nos Ojos del Salar. São duas lagoas de água doce, bem profundas, também próprias para banho. Eu reparei que quase ninguém entrou nessas lagoas, e acho que é um pouco por medo da profundidade e um pouco pela baixa temperatura, além do fato de não ter vestiário nem nada do tipo por ali. Pelo menos foram os meus motivos para não entrar, rs.

De qualquer forma, é um lugar muito bonito e é uma parada que vale a pena. Além das lagoas e da vista, nós paramos ali para o lanche que foi fornecido pela agência. Tinha alguns snacks, como batata chips, queijos, azeitonas, biscoitinhos e patês. Para beber tinha suco e pisco sour, uma bebia alcoólica típica do Chile.

Pôr do sol na Laguna Tebinquinche

por do sol

Para terminar o dia — e, no nosso caso, a viagem — fomos assistir ao pôr do sol na Laguna Tebinquinche. O valor do ingresso é 2 mil pesos chilenos por pessoa.

Nós chegamos já quase na hora do sol se pôr, e foi o tempo certinho para andarmos até o melhor ponto para apreciarmos a vista. Estava cheio, mas nada que tenha atrapalhado nossa experiência.

Depois que o sol se pôs nesse lugar maravilhoso, voltamos para a van para então voltarmos para San Pedro de Atacama. Eles nos deixaram perto da Avenida Caracoles e nós voltamos caminhando para o hostal (estávamos no Hostal Atacama Ancestral, bem pertinho!).

Vale a pena visitar a Laguna Cejar?

Na minha opinião, vale muito! É um passeio divertido, não é muito cansativo, é uma experiência diferente e passa por lugares lindos. Porém, não considero imperdível e vou explicar o porquê.

Além de Laguna Cejar, existe outro passeio onde é possível nadar em uma lagoa que não afunda, nas Lagunas Escondidas de Baltinache. Particularmente, achei as Lagunas Escondidas mais bonitas e que oferecem uma experiência mais legal por terem uma concentração de sal maior.

Se tivesse que escolher um dos dois passeios, escolheria Lagunas Escondidas. Porém, se tiver tempo e orçamento para fazer os dois, recomendo fortemente que faça, porque vale a pena!

passeios no atacama

O que levar para a Laguna Cejar?

Para visitar a Laguna Cejar é importante ir preparado para entrar na água. Sugiro já ir com a roupa de banho para não precisar perder tempo trocando lá. Além disso, leve uma toalha para se secar, suas roupas íntimas para vestir quando tirar o biquíni molhado e uma sacola plástica para guardá-lo. Muito protetor solar e um chapéu também são importantes.

Se quiser ir de chinelo nesse passeio, é tranquilo. Se preferir ir de tênis ou sapato fechado, leve um chinelo para quando sair da água. Também é bom levar um casaco leve para usar na hora do pôr do sol, quando começa a esfriar e venta bastante.

Além disso, a necessaire básica que eu recomendo em todos os passeios: creme hidratante, protetor labial, colírio e hidratante nasal, além de uma garrafa grande de água por pessoa.

Foi um passeio muito gostoso e perfeito para fechar com chave de ouro a nossa viagem! Nos divertimos muito e recomendo essa experiência para todo mundo.

  • Se ainda não fechou seus passeios no Atacama, faça um orçamento com a Destino Chile e aproveite os 10% de desconto que eles oferecem para nossos leitores.

Ah, e não deixe de assistir nosso último vlog, onde mostro um pouco desse passeio para a Laguna Cejar!

vlogs de viagem atacama

  • Agradecemos a Destino Chile pela cortesia e garantimos que todas as informações e opiniões contidas aqui são verdadeiras e pessoais, baseadas na nossa experiência.

Vai viajar? Faça suas reservas com nossos parceiros!

Fazendo suas reservas com as empresas parceiras, você não paga nada a mais por isso e ajuda o blog a se manter, pois a cada venda nós ganhamos uma pequena comissão. Dessa forma, podemos continuar produzindo conteúdo gratuito e te ajudando a viajar mais e mais! Só indicamos empresas de nossa confiança!
 
Author

Débora, 24 anos, apaixonada por viagens e fotografia. Quanto mais eu viajo, mais eu quero viajar. Quanto mais eu conheço o mundo, mais eu me apaixono por ele...

5 Comentários

  1. Quero muito ir ao Atacama e são tantas opções de passeios que é sempre bom a gente saber mais detalhes. Gostei de conhecer um pouco mais da Laguna Cejar.

  2. Que legal! acho que nunca tinha ouvido falar da Laguna Cejar, mas tb tem taaaanto passeio no Atacama q eh difícil acompanhar rs. Eu gostaria muito de experimentar boiar em algum lugar onde não se afunda, mas até este post eu achava que isso só acontecia no Mar Morto! rs bom saber que tem pelo menos 2 lugares pra ter essa experiência bem mais perto do brasil rs.

  3. Angela C S Anna Responder

    quando fui no atacama ha alguns anos ainda permitiam o banho na laguna cejar memso sabendo dos problemas, algum tmepo depois fecharam… n eh facil essa vida

Escreva um comentário