O passeio para as Lagunas Altiplânicas e Piedras Rojas é, na minha opinião, o mais bonito do Deserto do Atacama. Este é um tour que dura o dia inteiro e faz várias paradas diferentes, em um lugar mais lindo que o outro. Confesso que me surpreendi com a beleza das lagoas, dos mirantes, das montanhas e, principalmente, dos flamingos…

Sim! No passeio para as Lagunas Altiplânicas nós conseguimos ver vários flamingos bem de pertinho. Foi uma experiência muito linda e, por esse e vários outros motivos, eu considero esse passeio no Atacama imperdível. Quer saber por quê? Descubra todos os detalhes:

Lagunas Altiplânicas y Piedras Rojas

piedras rojas atacama

Se você leu os outros posts sobre o Deserto do Atacama, já sabe que fizemos todos os passeios com a Destino Chile e recomendamos muito!

Este foi nosso terceiro passeio e já estávamos começando a nos acostumar com a altitude, mas ainda assim foi um pouco complicado em alguns momentos, já que passamos dos 4.200 metros de altura. Sugiro deixar as Lagunas Altiplânicas para um dos últimos dias.

passeios no atacama

Nosso passeio estava marcado para começar entre 6h e 6h30 da manhã, mas houve uma falha de comunicação e o guia chegou às 7h. Tirando esse pequeno atraso, o resto do dia correu perfeitamente. Chegamos novamente em San Pedro do Atacama por volta de 17h30, então foi um dia bem puxado — mas que valeu a pena demais!

Laguna Chaxa, Salar de Atacama e Flamingos

laguna chaxa

Depois de quase duas horas de viagem, nossa primeira parada contemplou várias atrações. Nós fomos para a Reserva Nacional Los Flamencos, que fica no Salar de Atacama. Dentro da Reserva está a Laguna Chaxa, o local perfeito para ver e fotografar os flamingos.

Não preciso nem falar que os turistas não devem alimentar nem perturbar os flamingos, né? Admire-os à distância, faça fotos lindas e pronto! 😉

Para entrar na Reserva Nacional Los Flamencos é preciso pagar 2.500 pesos chilenos pelo ingresso. O guia nos deu aproximadamente 40 minutos livres para explorar o local, fazer fotos, ver os animais e curtir o salar.

flamingos atacama

Enquanto isso, ele estava preparando nosso café da manhã — que estava incluído no passeio! Foi uma refeição simples, mas muito gostosa. Para comer tinha pão, bolo, queijo, salame, ovos mexidos e biscoito; além de café, chá, leite e suco para beber.

Durante o café da manhã, o guia foi nos contando curiosidades sobre o Atacama, sobre os flamingos e muitas outras coisas legais. Para mim, essa interação com os guias para conhecer a história e a cultura da região foi a parte mais incrível da viagem!

lagunas altiplânicas

Lá na reserva ainda tem um “mini museu”, com alguns painéis informativos sobre o salar, as lagoas, os flamingos, etc… É um lugar muito interessante!

Mirante Piedras Rojas e Águas Calientes

lagunas altiplânicas piedras rojas atacama

Saindo da Reserva Nacional Los Flamencos, já com a barriga cheia, passamos por dois mirantes para ver as Piedras Rojas. Este é um lugar maravilhoso, com formações rochosas de cor avermelhada e lagoas que parecem espelhos.

Além das montanhas, também vimos o Salar de Águas Calientes. Não sei nem explicar o que é esse lugar, de tão lindo que é. Acho que dá para ter uma noção pelas fotos, né? Mas já aviso que as fotos não chegam nem perto da beleza de ver tudo isso pessoalmente.

Estes mirantes são o mais perto que conseguimos chegar de Piedras Rojas, já que o acesso até o local foi impedido. O que a moça da agência nos contou foi que um atleta brasileiro que tem um programa de TV achou que seria interessante fazer uma matéria praticando kitesurf ali nas lagoas que são habitat dos flamingos e de outros animais. É óbvio que isso não era permitido e, por isso, hoje o acesso é restrito — para garantir a preservação ambiental.

Mas mesmo de longe, é um local que vale muito a pena conhecer! A maioria das agências, incluindo a Destino Chile, oferece a opção de passeio para as Lagunas Altiplânicas com ou sem Piedras Rojas. O valor e o tempo de passeio são diferentes, mas eu acho que vale pagar um pouco mais e fazer o tour completo, que é incrível!

Lagunas Altiplânicas: Miscanti e Miñiques

laguna miniques altiplânicas

Finalmente chegamos nas Lagunas Altiplânicas, de fato. São duas: a Laguna Miscanti e a Laguna Miñiques. Paga-se 3.000 pesos para entrar.

Confesso que eu fiquei um pouco chocada com a beleza das lagoas. Sabe quando você acha que uma coisa não pode melhorar, aí a vida vai e te surpreende? Eu achei que não encontraria um lugar mais bonito que Piedras Rojas, e dei de cara com a Laguna Miscanti com aquela água azul e uma montanha com um pouco de neve ao fundo. Perfeita!

laguna miscanti atacama altiplânicas

Nós fizemos fotos, usamos o banheiro e depois fomos caminhando até a Laguna Miñiques, que é um pouco menor mas também muito bonita. Foi uma caminhada rápida, de 5/10 sem nenhuma subida. Fizemos mais algumas fotos e seguimos para a próxima parada: o almoço!

Povoado Socaire e almoço

Além do café da manhã, o almoço também estava incluído no passeio para as Lagunas Altiplânicas. Antes de ir para Piedras Rojas nós paramos no restaurante para fazer o pedido, e depois das Lagunas voltamos para lá e já estava tudo preparado.

Era um restaurante pequeno e bem simples, mas o almoço foi muito bem servido. Confesso que não sei se tinha um nome, nem se ele é aberto para qualquer pessoa, já que enquanto estávamos lá tinha apenas outro grupo almoçando.

Nós tivemos direito a uma entrada, que era uma sopa de batata, carne de boi e um milho da região que é bem grande e diferente do nosso. O almoço era arroz e salada, além de uma proteína que poderia ser frango ou omelete. Eles ainda serviram um suco e um pedaço de pêssego em calda de sobremesa.

passeio no atacama altiplânicas

Após o almoço nós visitamos a igrejinha de Socaire, o povoado onde fica o restaurante. Infelizmente ela estava fechada, mas era uma graça!

Trópico de Capricórnio

tropico de capricornio atacama

Lá no começo do post eu disse que esse passeio tinha muitas paradas legais, né? E ainda não acabou! Depois do almoço, já no caminho de volta para San Pedro, paramos no Trópico de Capricórnio. Apesar de ser apenas uma linha imaginária, foi colocada uma placa bem grande no local por onde passa o Trópico, e as fotos por ali ficam muito legais.

Eu vi que nem todas as agências param ali, e as vezes é por causa dos próprios passageiros que já estão cansados e não querem. Mas a parada é rapidinha e a experiência é bem legal, então eu acho que vale a pena!

Toconao

toconao atacama

Nossa última parada foi em Toconao, uma cidadezinha que fica ao lado de San Pedro do Atacama. Sinceramente, eu achei essa parada desnecessária. Já estávamos super cansados e não tinha nada para fazer por lá. Me lembrou muito uma cidadezinha do interior de Minas, só que ela é menor e mais “parada” do que todas que eu já vi, rs.

Nós paramos em frente à praça da cidade, que tem uma igrejinha, alguns brinquedos para crianças, uma sorveteria e uma ou duas lojinhas. O guai nos deu cerca de 40 minutos para ficar lá, mas depois de uns 25 o grupo todo já tinha feito o que queria fazer, então nós retornamos.

Aí sim, seguimos até San Pedro de Atacama. O guia nos deixou no hostal (ficamos no Atacama Ancestral), porque passamos lá na frente ao chegar na cidade, mas os outros passageiros foram deixados perto da Avenida Caracoles como acontece em quase todos os passeios.

Lagunas Altiplânicas: o que levar e como se vestir?

Como esse passeio para as Lagunas Altiplânicas e Piedras Rojas dura o dia inteiro, é bom ir bem preparado para diferentes climas e necessidades.

Como começa bem cedo, o ideal é ir vestido em camadas, com roupa térmica e, se tiver, casaco corta vento. Ao longo do dia o sol vai esquentando e você vai tirando os agasalhos e ficando com uma roupa mais leve.

Eu fui com uma blusa térmica, uma camiseta normal, um casaco fino, um casaco mais grosso e cachecol e ainda passei muito frio de manhã. No fim da tarde eu estava apenas de camiseta e já com calor. É assim, o clima do deserto é louco, rs. Nós fomos em outubro, no começo da primavera.

Leve na mochila uma garrafa grande de água, hidratantes e protetor solar. Também é bom levar um chapéu! Eu acho que é sempre bom levar uns snacks, mesmo tendo café da manhã e almoço nesse passeio.

  • Ah, e uma coisa importantíssima: jamais viaje para o Deserto do Atacama sem um bom seguro viagem! Eu recomendo fazer uma cotação da Real Seguros e outra na Seguros Promo, para encontrar o plano ideal pelo melhor preço 🙂

Lagunas Altiplânicas: de carro ou com agência?

Alguns passeios no Atacama são possíveis de se fazer de carro, mas eu acredito que não seja o caso das Lagunas Altiplânicas. O local é bem longe, a estrada tem alguns locais muito ruins e a sinalização não é tão boa.

Além de ser perigoso para quem não tem experiência em dirigir em estradas como as do deserto, eu acho que as chances de ficar perdido ou de não encontrar os mirantes e restaurantes são muito grandes.

Sinceramente, eu acho que estar acompanhado de um guia que conhece o caminho e os melhores locais para parar faz toda a diferença. Isso sem falar nas histórias e informações que os guias contam, e quem vai por conta própria acaba perdendo.

Em resumo, eu acho muito mais seguro e interessante fazer o passeio para as Lagunas Altiplânicas com uma agência. É muito mais cômodo e você aproveita muito mais.

Eu recomendo muito a Destino Chile, que cuidou de todos os nossos passeios e tivemos uma ótima experiência. O atendimento é em português, o pagamento é em real (sem IOF) e é possível parcelar. Além disso, nossos leitores têm desconto! É só fazer seu orçamento clicando aqui =)

Gostou das dicas? Tá curioso para saber se o lugar é tão lindo quanto parece nas fotos? Então assista o vlog desse dia delicioso, para aumentar ainda mais a vontade de conhecer as Lagunas Altiplânicas, Piedras Rojas e o Deserto do Atacama!

vlogs de viagem atacama

  • Agradecemos a Destino Chile pela cortesia e garantimos que todas as informações e opiniões contidas aqui são verdadeiras e pessoais, baseadas na nossa experiência.

Vai viajar? Faça suas reservas com nossos parceiros!

Fazendo suas reservas com as empresas parceiras, você não paga nada a mais por isso e ajuda o blog a se manter, pois a cada venda nós ganhamos uma pequena comissão. Dessa forma, podemos continuar produzindo conteúdo gratuito e te ajudando a viajar mais e mais! Só indicamos empresas de nossa confiança!
 
Author

Débora, 24 anos, apaixonada por viagens e fotografia. Quanto mais eu viajo, mais eu quero viajar. Quanto mais eu conheço o mundo, mais eu me apaixono por ele...

Escreva um comentário