Ao programar uma viagem, dificilmente pensamos na possibilidade de ter um voo cancelado ou atrasado. Mas ao contrário do que se imagina, esse é um problema bastante comum na hora de viajar. É um imprevisto que acaba gerando muita dor de cabeça, atrasos em compromissos, problemas com reservas, entre outros.

Pensando nisso, é necessário conhecer seus direitos e saber quais providências podem ser tomadas nessa situação, inclusive quando é possível pedir uma indenização. Para te ajudar, te conto nesse post quais são os procedimentos para garantir que você não sairá no prejuízo em casos de um voo cancelado, atrasado ou outros problemas causados pela cia aérea. Veja só:

Meu voo foi cancelado, e agora?

Existem duas possibilidades distintas quando se fala em voo cancelado: ele é cancelado com antecedência e você recebe um e-mail da companhia aérea, ou ele é cancelado pouco tempo antes do embarque quando você já está no aeroporto.

Voo cancelado com antecedência

No primeiro caso a empresa precisa fazer o aviso com pelo menos 72 horas de antecedência, e geralmente oferece algumas opções como remarcar o voo sem custos para o mesmo destino, remarcar o voo para outro destino pagando a diferença de tarifas ou receber um reembolso integral do voo cancelado. Como há essa antecedência, você pode se planejar direitinho e ver qual das soluções é mais interessante para você.

Voos cancelados em cima da hora

Nos casos em que o cancelamento é feito quando você já está no aeroporto, a situação fica um pouco diferente. A primeira coisa a se fazer é entrar em contato com a companhia aérea, ainda no aeroporto. Procure um funcionário disponível da empresa no balcão e explique a situação — mas é bem provável que ele já estará ciente e pronto para lhe oferecer as soluções.

É essencial manter a calma e ter paciência com os atendentes, pois, em casos assim, é comum que outros passageiros também procurem por auxílio dos funcionários e isso acabe os sobrecarregando. Ainda assim, seja firme, tenha certeza dos seus direitos e garanta que eles serão atendidos pela companhia.

É muito comum que a cia aérea ofereça soluções que sejam mais benéficas para ela do que para você (como te realocar em um voo muitas horas depois), então atente-se a isso e lembre-se que você não é obrigado a aceitar a proposta logo de cara. É possível negociar para que fique bom para ambos e, se o funcionário se recusar a resolver o seu problema, você deve procurar um superior responsável.

Em último caso, o passageiro tem o direito de procurar a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), que possui um escritório na maioria dos aeroportos ou pode ser contatada pelo telefone.

Voo cancelado ou atrasado: quais são meus direitos?

voo atrasado

São diversos os deveres da companhia aérea em relação aos passageiros prejudicados em casos de voos cancelados. É obrigação da empresa, por exemplo, comunicar de forma clara no painel do aeroporto que o voo foi cancelado, podendo ainda realizar o comunicado por email ou mensagens de texto no celular.

Além de esclarecimentos ao cliente, em alguns casos é obrigação da empresa oferecer assistência material, podendo ainda reembolsar o dinheiro caso o passageiro solicite.

As companhias aéreas possuem, obrigatoriamente, uma cópia do Guia do Passageiro que foi produzido pela ANAC e contém todos os direitos dos passageiros. Este documento garante que a lei está a seu favor e auxilia para que o problema seja resolvido da melhor forma para você.

Sob pena de indenizações na justiça brasileira, as companhias são obrigadas a cumprir as assistências ao passageiro conforme o tempo decorrido entre o voo cancelado/atrasado e o voo em que o passageiro foi realocado. Essas assistências funcionam da seguinte forma:

  • A partir de 1 hora de espera: se necessário, opções de comunicação como acesso a internet, telefonemas, etc.
  • A partir de 2 horas de espera: comunicação + alimentação (geralmente oferecem vouchers para serem usados no aeroporto).
  • A partir de 4 horas de espera: comunicação + alimentação + hospedagem em casos de pernoite e transporte ida e volta para o hotel. Caso o passageiro esteja em sua cidade de domicílio, a companhia pode oferecer apenas o transporte de ida para sua residência e de volta até o aeroporto.

Além disso, quando o voo é cancelado sem nenhuma antecedência, e a empresa não consegue colocar os passageiros em um voo da própria companhia, ela deve realocá-los para voos de outras cias aéreas. Caso a previsão de atraso seja maior que 4 horas, a empresa ainda precisa oferecer opções como reembolso integral ou a prestação de serviço por outro meio de transporte, a critério do passageiro.

Posso receber indenização pelo voo cancelado ou atrasado?

aeroporto

Nos casos em que o cancelamento causa um atraso na chegada ao seu destino superior a 4 horas, é possível pedir uma indenização. Pode ocorrer também caso o passageiro perca compromissos importantes como casamentos, funerais, experiências profissionais, reservas em hotéis, etc.

A indenização é cabível ainda que a empresa efetue o reembolso do valor das passagens e todas as taxas. Nesse caso, cabe a situação de danos morais uma vez que o passageiro é prejudicado em seus compromissos.

Como pedir uma indenização por voo cancelado ou atrasado?

Para facilitar a resolução de seus problemas em caso de voo cancelado, é preciso que mantenha os documentos do voo para comprovar a sua situação.

Mantenha registrado todo o atendimento que receber da companhia aérea a fim de prestar possíveis esclarecimentos quando necessário. Anote o máximo de informações possíveis enquanto o representante da empresa lhe fornece informações, assim como o nome do atendente, data e horário do seu atendimento.

Fotos do painel do aeroporto também costumam contribuir a favor do passageiro mostrando informações fornecidas pela empresa.

Empresas que te ajudam a ser indenizado

Se você precisa de ajuda em algum caso de voo cancelado, uma forma mais fácil de conseguir sua indenização é procurando por empresas como a Voe Tranquilo, que é especializada em auxiliar consumidores com problemas com transporte aéreo.

Com a ajuda da tecnologia e consultores especializados na área, ela luta pelo seu direito em busca de uma recompensa pelo seu sofrimento, transtorno e prejuízos causados pelas companhias aéreas. É uma plataforma totalmente online, que permite a busca pelo seu direito à indenização, mantendo toda a praticidade e rapidez.

A Voe Tranquilo também assume todos os gastos dos procedimentos e lhe proporciona um conforto maior, visto que você só efetua o pagamento caso seja efetivamente recompensado. Ou seja, se não receber a indenização, não é preciso pagar nada para a Voe Tranquilo.

Com isso, basta verificar o seu caso online, com posse dos documentos referentes ao caso e eles entram em contato com você. Os consultores são responsáveis por analisar toda a documentação e entrar em contato com a companhia para encontrar uma opção de acordo. Quando necessário, os advogados entram com um pedido judicial e todo o acompanhamento é realizado pela plataforma, email e Whatsapp.

Para saber mais sobre a Voe Tranquilo ou verificar se o seu caso é passível de indenização, entre no site.

Além de voos atrasados e cancelados, outras situações são passíveis de indenização. Entre elas:

  • overbooking (quando a cia aérea vende mais passagens do que cabe naquele voo, e você fica entre as pessoas que “não couberam”);
  • bagagem extraviada por mais de 2 dias ou definitivamente;

Essas são as informações mais relevantes quando se fala de voo cancelado ou atrasado. Gostou das dicas? Compartilhe esse post em suas redes sociais para ajudar outras pessoas que também podem passar por esses problemas tão chatos!

* Este NÃO é um post patrocinado, mas possui links afiliados.


Vai viajar? Faça suas reservas com nossos parceiros!

Fazendo suas reservas com as empresas parceiras, você não paga nada a mais por isso e ajuda o blog a se manter, pois a cada venda nós ganhamos uma pequena comissão. Dessa forma, podemos continuar produzindo conteúdo gratuito e te ajudando a viajar mais e mais! Só indicamos empresas de nossa confiança!
 
Author

Débora, 24 anos, apaixonada por viagens e fotografia. Quanto mais eu viajo, mais eu quero viajar. Quanto mais eu conheço o mundo, mais eu me apaixono por ele...

10 Comentários

  1. Eu acho que devo ser muuuito sortudo pq vejo mil relatos escabrosos por ai sobre atraso e cancelamento de voos, overbooking, etc, mas os meus voos sempre foram tranquilos, no máximo com atrasinhos pequenos, ufa! Vou ali bater na madeira e ja volto rs. Mas bom saber o que fazer qnd eu não der tanta sorte assim.

  2. Acredita que eu tive um voo atrasado somente uma vez em toda minha vida de viajante? Acho que dei sorte, né? Mas, sempre bom ler um post desse para saber o que fazer nessas horas, se tenho ou não direito. Obrigada por partilhar.

  3. Super importante saber quais são nossos direitos para poder cobrar na hora.
    Já tive vôo cancelado e a cia aérea seguiu todos esses procedimentos. O atendimento foi surpreendentemente bom! Estresse zero. Podia ser sempre assim.

    • Débora Resende Responder

      Que ótimo! Fiquei até curiosa pra saber qual foi a cia aérea, rs.

  4. Que post super útil! Sempre importante dar dicas sobre os nossos direitos. Há tanta falta de informação às vezes, não é. Gostei muito de saber do serviço da Voe Tranquilo

    • Débora Resende Responder

      Já senti muita falta dessas informações quando precisei, por isso decidi juntar tudo aqui 🙂

  5. Já cancelaram meu voo e logo realocaram para outra aeronave com pouso em outro aeroporto da cidade destino, mas a companhia arcou com o deslocamento do aeroporto até meu destino final.

    Amei saber mais sobre os direitos que temos.

Escreva um comentário