Uma dúvida muito comum de quem tem vontade de conhecer a Disney e os outros parques da Flórida é: “Quanto custa uma viagem para Orlando?” Com o dólar no preço que tá, essa é realmente uma dúvida muito importante para que um bom planejamento financeiro seja feito e para que a viagem não estoure o orçamento de ninguém.

Eu já adianto que não existe um valor fixo, e o preço de uma viagem para a Disney pode variar muito de acordo com muitos fatores! Vai depender de onde você mora, da época em que vai viajar, de quantos dias vai ficar e do que pretende fazer em Orlando além dos parques.

Mas para te ajudar, eu vou tentar apresentar alguns valores pensando em diferentes situações, e vamos chegar a uma média para que você tenha pelo menos uma ideia de quanto vai gastar em uma viagem assim. Além disso, você pode utilizar as dicas dadas aqui para fazer sua própria pesquisa de acordo com a data aproximada em que você pretende viajar! Veja só:

Quanto custa uma viagem para Orlando?

Documentos: passaporte e visto americano

O primeiro passo para qualquer viagem é pensar na parte burocrática. No caso de uma viagem para os Estados Unidos, é necessário ter um passaporte válido e um visto de turismo. Atualmente, os valores cobrados para cada um dos documentos são:

  • passaporte: R$257,25;
  • visto americano: U$160 (aproximadamente R$650,00);

Passagens aéreas para Orlando

Depois (e somente depois!!!) de estar com o visto aprovado em mãos, é hora de comprar as passagens aéreas. Esse é um dos custos mais caros da viagem, principalmente para quem mora em uma cidade onde não há voos diretos para os Estados Unidos. O valor também vai depender da época do ano em que você pretende viajar, da antecedência com a qual você compra as passagens, entre outros fatores.

É importante comprar as passagens aéreas antes de seguir para os próximos passos, como hospedagem, seguro, etc, já que são itens que você precisa das datas exatas para fazer a reserva.

Valor Aproximado 

Eu fiz algumas cotações pelo site Passagens Promo (salve o link nos favoritos para fazer sua pesquisa depois!) e encontrei diversos valores. Saindo de São Paulo, o valor mais baixo que encontrei foi R$2.300 para viajar em agosto, com conexão em Recife. Nas mesmas datas, saindo diretamente de Recife, encontrei por aproximadamente R$2.000. Saindo de Fortaleza, encontrei várias datas ao longo do ano por menos de R$2.000.

Em dezembro, que é uma época bastante procurada, encontrei valores a partir de R$2.700 saindo de São Paulo. Já em janeiro, os preços começam em cerca de R$3.000 e vão até R$5.000.

É claro que esses valores podem variar e se eu fizer a mesma pesquisa amanhã os valores podem ter baixado ou subido. E, claro, promoções sempre podem acontecer (amo!).

  • Considerando os valores sem promoções e fazendo uma média, podemos dizer que as passagens vão variar entre R$2.000 e R$3.500 reais.

Dicas para economizar

Existem algumas boas dicas para economizar com passagens aéreas, mas, para mim, as duas principais são:

  • use um comparador de preços (eu indico o Passagens Promo), pois assim você consegue ver os valores oferecidos pelas principais empresas aéreas nas datas em que vai viajar, o que facilita bastante sua pesquisa. E você pode fazer a compra por lá mesmo, aproveitando que as condições de pagamento são ótimas!
  • tenha em mente o período em que você pode viajar e faça pesquisas em várias datas, pois os valores podem mudar muito de um dia para o outro. Por exemplo, se você quer viajar entre os dias 15 e 30 de um mês, mas tem alguns dias livres antes ou depois disso, pesquise também a ida nos dias 13, 14 ou mesmo no dia 16, e a volta para o dia 29 ou dia 1 ou 2. Pode ser que se você for no dia 14 e voltar no dia 29, por exemplo, os preços podem estar muito melhores (ou não, mas é preciso pesquisar!).

Quando não vale a pena economizar

Sei que muita gente acha que vale tudo na hora de economizar na compra das passagens (eu já fui essa pessoa!), mas é preciso lembrar que muitas vezes o barato sai caro. Na minha opinião, não vale a pena comprar passagens com muitas conexões ou com muitas horas de espera no aeroporto — a não ser, claro, que a diferença de valores seja muito grande.

Mas tem gente que decide economizar 100 ou 200 reais e, ao invés de fazer um voo direto com cerca de 10 horas de duração, acaba pegando voos com 2 ou 3 conexões em diferentes países e com o dobro do tempo de duração. Em casos assim, eu acho que não vale a pena. Primeiro pelo tempo perdido, segundo pelos gastos que você vai acabar tendo nos aeroportos (com alimentação, por exemplo) e terceiro pelo desgaste físico e por aumentar as chances de algo dar errado.

Hospedagem em Orlando

quanto custa uma viagem para orlando
Wilderness Lodge (Foto: Disney)

Nós já temos um post super completinho sobre hospedagem em Orlando, com várias dicas importantes e que podem te ajudar a fazer a escolha certa! Esse é o item mais difícil de encontrar um valor aproximado, porque existem milhares de opções de hospedagem e o preço pode variar muito de acordo com o que o local oferece.

Eu sempre uso e indico o Booking para fazer reservas de hospedagem (salve o link nos favoritos para pesquisar depois!). Gosto bastante pois é possível ver a avaliação de quem já se hospedou lá, dá para fazer a pesquisa de acordo com o preço que eu posso pagar e ainda dá para escolher entre diversos filtros para facilitar a pesquisa. Além disso, quem usa o site várias vezes se torna um membro Genius e pode ganhar desconto nas reservas seguintes!

Valor Aproximado

Fiz uma pesquisa no Booking para a semana do natal, para termos uma noção da variação de preços. O valor mais barato que encontrei foi 50 dólares em um quarto para 3 pessoas e o mais caro foi uma casa para 6 pessoas por 1.300 dólares a diária!

Como não faz o menor sentido fazer uma média utilizando esses dois valores, vou usar os dois hotéis onde me hospedei em Orlando para chegar a um valor aproximado. O primeiro foi o SpringHill, que está 190 dólares nas datas pesquisadas, em um quarto para até 5 pessoas. O segundo foi o Rosen inn at Point, que está 115 dólares em um quarto para até 4 pessoas

  • Podemos concluir que um hotel simples, mas confortável e limpinho, bem localizado e com transporte gratuito para os parques vai custar cerca de 150 dólares por quarto.

Porém, como já vimos, esse valor pode variar bastante! O ideal é entrar no Booking e fazer sua pesquisa, assim você encontra uma opção que esteja de acordo com o que você procura e que caiba no seu bolso.

  • Se quiser ficar em um resort da Disney, os valores variam entre U$127 e U$3.000 (dólares!). Para fazer sua reserva em qualquer resort Disney, entre em contato conosco!

Dicas para economizar

A dica para economizar com hospedagem em Orlando é ficar em um hotel fora do complexo Disney. Existem muitas opções boas e que oferecem várias comodidades como café da manhã, piscina, transporte para os parques e outros.

Quando não vale a pena economizar

Eu acho que não vale a pena economizar quando o hotel não atende suas necessidades ou quando é muito distante dos parques. Por exemplo, se você vai alugar um carro não vale a pena pegar um hotel sem estacionamento apenas para economizar. Assim como não vale a pena economizar com um hotel sem transporte gratuito para os parques se você não for alugar carro na cidade.

E, principalmente, não vale a pena pegar um hotel muito distante dos parques, senão você vai gastar muito tempo (e até mais dinheiro) indo e voltando todos os dias.

Seguro viagem para os EUA

O seguro viagem para os Estados Unidos não é obrigatório, mas é altamente recomendado — principalmente em uma viagem como essa para Orlando. Você vai passar o dia inteiro andando e o desgaste físico é bem grande; além disso, o clima de Orlando é totalmente maluco — em uma única semana você pode pegar temperatura perto de zero (no inverno), depois perto de 30 (em qualquer época do ano), com dias de sol e dias de chuva.

E se você estiver viajando com crianças, tenho certeza que nem preciso falar da importância do seguro viagem.

Valor Aproximado

Existem várias empresas de seguro viagem, e cada uma possui diferentes opções de planos — e, como você já está cansado de saber, os preços podem variar muito. O que eu recomendo é que contratem um seguro que tenha cobertura de pelo menos 30 mil dólares em despesas médicas.

Para termos uma ideia de valores, fiz uma pesquisa em 2 sites comparadores de seguro: a Real Seguros e a Seguros Promo. Coloquei um período de 10 dias em um mês aleatório.

Na Real Seguros, encontrei boas opções com assistência médica de 35 mil dólares ou mais, por cerca de 110 reais — o que dá cerca de 11 reais por dia. Na Seguros Promo os valores são parecidos e você ainda ganha 5% de desconto usando nosso link (não se esqueça de salvar os links nos favoritos para pesquisar depois e, claro, de anotar o cupom de desconto!)

Dicas para economizar

A melhor dica para economizar com seguros é usar os comparadores de preços. Primeiro porque você consegue comparar várias empresas ao mesmo tempo e segundo porque eles geralmente oferecem preços mais baixos que o site da própria seguradora. E podem ficar tranquilos que tanto a Real Seguros quanto a Seguros Promos são empresas confiáveis.

Eu estou indicando as duas porque é o que eu faço para economizar, sempre pesquiso nas duas para encontrar o melhor preço. Algumas vezes a Real me oferece um seguro mais barato, e outras vezes é na Seguros Promo que consigo economizar. Por isso, vale a pena consultar as duas empresas.

Quando não vale a pena economizar

Absolutamente não vale a pena economizar cerca de 10 reais por dia e viajar sem seguro! Serviços médicos e hospitalares nos EUA custam um absurdo e eu tenho certeza que você não vai querer tirar dinheiro do seu bolso para arcar com esses custos caso seja necessário.

Também não vale a pena escolher o seguro mais barato de todos e pegar um plano ruim. Na mesma pesquisa que citei acima, o seguro mais barato que encontrei foi de 95 reais para 10 dias de viagem, mas a cobertura é de apenas 8 mil dólares (o que não é nada no caso de uma emergência). Ou seja, ele custa R$1,50 a menos por dia, mas oferece cerca de 30 mil dólares a menos de assistência. Em casos assim, a economia não justifica a perda na qualidade do plano escolhido.

Ingressos para os parques

quanto custa uma viagem para orlando

Infelizmente os ingressos para os parques não são muito baratos, mas eu garanto que cada centavo gasto vale a pena! A boa notícia é que, quanto mais ingressos você compra, mais barato cada um deles fica. Mas antes de fazer a compra, é preciso entender o básico dos parques de Orlando.

  • Nem todos os parques em Orlando são da Disney. A Disney possui quatro parques temáticos (Magic Kingdom, Animal Kingdom, EPCOT e Hollywood Studios), além de 2 parques aquáticos (Blizzard Beach e Typhoon Lagoon). O ingresso para os parques aquáticos é mais barato que o dos parques temáticos.
  • O valor dos ingressos pode variar de acordo com o dia escolhido (em dias de “baixa temporada” o ingresso é mais barato e em dias em que os parques costumam ficar mais cheios o ingresso é mais caro).
  • Os outros parques de Orlando são o Island of Adventure e o Universal Studios, que são parques da empresa Universal — e é lá onde você vai encontrar o “parque do Harry Potter”. A Universal também tem um parque aquático, o Volcano Bay. Há também o Sea World em Orlando e, da mesma empresa, o Busch Gardens (mas esse fica em outra cidade, chamada Tampa).

Valor Aproximado

Esse é o item mais difícil de encontrar um valor aproximado, pois vai depender muito das datas da sua viagem, de quantos parques você quer visitar e da opção de ingresso escolhida.

Para quem não sabe, nós temos uma loja virtual e vendemos ingressos para os parques de Orlando! Por lá, os valores aproximados são os seguintes:

  • se você comprar UM único ingresso da Disney, o valor vai variar entre cerca de R$500 e R$700, dependendo da data escolhida.

Quanto mais ingressos por pessoa você compra (sendo que é possível comprar no máximo 10 de uma vez), mais barato cada um deles fica.

  • Se você comprar 4 ingressos para uma única pessoa, por exemplo, o valor de cada um vai variar entre cerca de R$400 a R$550. Já se comprar 10 ingressos, o valor de cada um vai variar de R$200 a R$280 reais — bem mais barato, né?

Já para a Universal, nós vendemos ingressos “park to park” que te permitem visitar os dois parques no mesmo dia (assim você pode pegar o expresso de Hogwarts e ir de um parque para outro). Comprando 2 ingressos park to park, o valor aproximado é R$1.100!

Todos os valores citados aqui são para adultos, e crianças pagam um pouco mais barato.

  • O custo dos ingressos vai variar muito de acordo com a quantidade de parques que você quer visitar. Supondo que você vá comprar 4 ingressos para os parques temáticos da Disney e 2 para os parques da Universal, você vai pagar cerca de R$3.200 reais em ingressos. 

Nós também vendemos combos de ingressos, que incluem Disney e Universal por um preço mais em conta.

Dicas para economizar

Minha única dica é comprar os ingressos com antecedência, pois na bilheteria eles são um pouquinho mais caros. Infelizmente não há nenhuma dica mirabolante para economizar na compra de ingressos para os parques. Se encontrar alguma promoção maluca, desconfie (seja no Brasil, seja em Orando)!

Nesse caso, minha dica é comprar seus ingressos ainda no Brasil. Assim você foge do IOF (imposto de 6,38% sobre as compras internacionais no cartão de crédito) e ainda consegue parcelar sua compra!

  • Ingressos em até 12x no cartão ou com desconto no boleto bancário! Pagamento em R$ e SEM IOF! Você ainda pode ganhar uma magic band ou um chip de celular de brinde 🙂

Quando não vale a pena economizar

Em Orlando existe um golpe muito comum de ingressos super baratos para os parques. Fuja desses lugares! Geralmente são pequenos escritórios no meio de complexos turísticos, outlets ou no meio de grandes avenidas, oferecendo ingressos com super descontos. As chances desses ingressos serem falsos são muito grandes e, se forem, infelizmente você não vai conseguir ter seu dinheiro de volta.

Se chegar na entrada do parque e o ingresso não funcionar por ser falso, você vai ter que comprar outro ali na hora ou vai ter que ir embora. Então, não vale a pena correr o risco!

Aluguel de carro em Orlando

O transporte público de Orlando é triste de tão ruim e, por isso, a maioria dos turistas opta por alugar um carro para ter mais comodidade na cidade. É realmente uma opção bem prática, e apesar de não ser a mais barata, acaba valendo a pena em várias situações.

Valor Aproximado

Sempre que necessário, eu alugo carro pela RentCars, que também é uma comparadora de preços (pela última vez nesse post, não se esqueça de salvar o link para pesquisar depois! rs). Fiz uma pesquisa no site e encontrei valores a partir de 95 reais por dia, podendo parcelar ou com a opção de 5% de desconto se fizer o pagamento por boleto.

Além disso, é preciso considerar que alugando um carro você terá que pagar estacionamento nos parques. Nos parques da Disney, o valor mais barato é de 25 dólares por dia.

  • Considerando uma viagem de 10 dias, sendo 6 deles reservados para visitar os parques, o custo com aluguel de carro + estacionamento vai ser de no mínimo R$1.600.

Dicas para economizar

Acho que a melhor maneira de economizar é utilizando um site como a RentCars para comparar o preço de várias locadoras ao mesmo tempo e fazer sua reserva com antecedência. Se deixar para alugar o carro no aeroporto de Orlando, além de ter que pagar o IOF e não ter a opção de parcelar, você ainda vai estar sujeito a preços mais altos e a menos opções de locadoras para comparar os preços.

Quando não vale a pena economizar

Muita gente opta por não fazer seguro quando aluga um carro, já que o preço costuma ser meio salgadinho. Eu sou muito medrosa e acho que não vale a pena alugar um carro sem seguro para economizar.

Alimentação, compras e outras atrações

quanto custa uma viagem para orlando
Chiquérrima no Be Our Guest, restaurante que fica no castelo da fera e foi o mais caro que eu fui na Disney!

Agora chegamos no item que é impossível definir um valor aproximado. Muita gente me pergunta sobre “quanto dinheiro devo levar para a cidade X”, e eu sempre respondo que é impossível sugerir um valor, já que isso vai depender muito das intenções e até mesmo das condições de cada um.

Se você quiser fazer todas as suas refeições nos parques, você vai gastar um valor absurdamente maior do que alguém que não for comer nos parques. Quem faz refeições com personagens ou comer em restaurantes “especiais” nos parques também precisa ter um pouco mais de dinheiro no orçamento. Há quem viaje para os EUA com a intenção de fazer muitas compras, enquanto outras pessoas priorizam o passeio e o sonho de conhecer os parques.

Então eu não consigo dizer “leve X dólares por dia”, pois eu não sei onde você pretende comer, o que você pretende comprar e o que você pretende fazer em Orlando além dos parques.

Se você quiser comer nos parques, reserve no mínimo 15 dólares por refeição em restaurantes fast food. Nos restaurantes com serviço de mesa ou com personagens, você vai gastar entre 30 e 80 dólares por pessoa em uma refeição. Se preferir comer fora dos parques e comprar alguns snacks no mercado para lanchar durante o dia, é possível gastar cerca de 20 dólares por dia com alimentação economizando bastante.

Em relação a compras, eu sugiro que você faça uma lista dos itens que pretende comprar e pesquise o preço em sites como Amazon, BestBuy (para eletrônicos), Walmart (na versão americana) e outros sites americanos. Assim você já vai ter uma noção de quanto precisa levar para comprar tudo o que quiser.

Já em relação às outras atrações da cidade, também sugiro que monte um roteiro com todos os lugares que pretende conhecer e anote o valor de entrada e outros gastos relacionados a cada um deles. Aqui no blog tem um post com 25 atrações em Orlando além dos parques temáticos!

Afinal, quanto custa uma viagem para Orlando?

Eu citei vários e vários valores para vocês e tentei explicar ao máximo como eu cheguei em cada um daqueles valores. Mas espero que tenha ficado claro que é tudo uma estimativa e que o custo total da sua viagem para Orlando pode ser maior ou menor do que o valor que eu encontrei aqui.

Vamos considerar uma família de 4 pessoas, em uma viagem de 10 dias para Orlando. Os valores seriam:

  • Passagens aéreas: entre R$2.000 e R$3.500 por pessoa;
  • Hospedagem: cerca de U$150 dólares por diária, totalizando U$1.500 dólares para o grupo (aproximadamente R$6.000);
  • Seguro viagem: cerca de R$110 por pessoa;
  • Ingressos (4 parques da Disney e 2 da Universal): cerca de R$3.200 por pessoa;
  • Aluguel de carro: pelo menos R$1.600 para o grupo;

Somando os valores acima, o custo total para uma família de 4 pessoas vai variar de R$29.000 a R$35.000.

  • Dividindo esse valor igualmente entre 4 pessoas, uma viagem para Orlando por 10 dias custa aproximadamente 8 mil reais por pessoa.

Esse valor vai aumentar cerca de R$900 por pessoa caso seja necessário fazer o passaporte e tirar o visto. E, claro, ainda é preciso incluir o dinheiro que você quer levar para alimentação, compras e outros passeios.

Para economizar, você pode escolher uma hospedagem mais barata (o que não é muito difícil), deixar de alugar um carro e utilizar o transporte gratuito para os parques que alguns hotéis oferecem e buscar promoções de passagens aéreas.

“Nossa, mas e se eu quiser ficar 15 ou 20 dias, vou gastar o dobro disso?” Não! Lembre-se que o valor da passagem não é cobrado por dia. Então, ficando 1 dia ou um mês, o valor não vai variar tanto. O valor dos ingressos também não vai subir tanto, já que quanto mais dias, menor o valor unitário. O que fica mais caro de acordo com a quantidade de dias é a hospedagem, o seguro e o aluguel de carro. 

Ufa! O post ficou enorme e cheio de informações, mas espero que a dúvida de “quanto custa uma viagem para Orlando” tenha sido respondida! Espero também que as dicas sejam úteis e que você consiga fazer uma pesquisa bem legal e fechar um orçamento que caiba no seu bolso. Se usou as dicas daqui para verificar quanto aproximadamente vai custar sua viagem, deixe um comentário e compartilhe com a gente o valor total, assim você ajuda outras pessoas! Se já viajou para Orlando, um comentário com o valor total gasto também é muito bem vindo =) Ah, não se esqueça de falar em qual época do ano viajou e quantos dias ficou!


Vai viajar? Faça suas reservas com nossos parceiros!

Fazendo suas reservas com as empresas parceiras, você não paga nada a mais por isso e ajuda o blog a se manter, pois a cada venda nós ganhamos uma pequena comissão. Dessa forma, podemos continuar produzindo conteúdo gratuito e te ajudando a viajar mais e mais! Só indicamos empresas de nossa confiança!
 
Author

Débora, 24 anos, apaixonada por viagens e fotografia. Quanto mais eu viajo, mais eu quero viajar. Quanto mais eu conheço o mundo, mais eu me apaixono por ele...

10 Comentários

  1. Fernanda Freitas Responder

    Oi Débora, muito interessante o post. Achei legal você ter falado do preço do visto, eu não tinha ideia e ainda n tinha começado a pesquisar essa parte, rs. Vc sabe dizer por quanto tempo é válido (pq é bem salgadinho né).
    Adorei que você mostrou de formas versáteis quanto custa uma viagem para orlando, pq no fim acaba sendo muito pessoal né.

    Abraços,
    Fernanda

    • Débora Resende Responder

      A validade do visto pode variar, mas geralmente é de 10 anos!
      Fico feliz que tenha gostado! Obrigada por comentar =)

  2. Diego Cabraitz Arena Responder

    Adoro esses posts com informações de valores e que dão uma bela base de quanto dinheiro levar para uma trip. Ainda não conheço Orlando, mas gostaria de ir ( só para ver o parque do Harry Potter haha).

  3. No meus planejamentos sempre gosta de saber qual o valor final de uma viagem, com o seu post já sei quanto custa uma viagem a Orlando.

  4. Por mais posts que veja sobre a Disney, mais vontade me dá de ir ja correndo!!!Que delicia

    • Débora Resende Responder

      E quanto mais eu escrevo sobre, mais vontade me dá de voltar! hahah =)

  5. Débora, adoro artigos com dicas de valores. Uma viagem para a Disney não é lá muito barata né, então saber quanto custa ajuda e muito a programar a viagem.

    • Débora Resende Responder

      Pois é, eu acho muito importante fazer um bom planejamento financeiro para evitar surpresas ruins!

Escreva um comentário