fbpx

Philadelphia, ou Philly para os íntimos, é uma cidade cheia de amor e de história para contar. A cidade, cujo nome significa “amor fraterno”, foi a primeira capital americana, além de ser o local onde foi assinada a declaração de independência do país.

Apesar de ser uma cidade grande, com mais de 1,5 milhões de habitantes, a Philadelphia não é uma cidade com muitas atrações turísticas, por isso 1 ou 2 dias são suficientes para conhecer o principal. É uma ótima opção de “bate-volta” para quem está em Nova York ou Washington DC, já que a cidade está a 2 horas de NYC e a 2 horas e meia de DC.

Você pode fazer o bate-volta por conta própria ou contratar um tour guiado em português por Philly, com a possibilidade de conhecer uma comunidade Amish na região.

Philadelphia: onde ficar?

O metrô na Philadelphia é muito bom, mas recomendo que se hospede no centro para conseguir fazer boa parte da cidade a pé. Como eu estava fazendo intercâmbio, não fiquei em nenhum hotel na cidade. Mas sugiro alguns com boas notas e avaliações no Booking:

Se o orçamento te permite certo luxo, uma excelente opção é o Marriot, um hotel quatro estrelas muito lindo e que fica em frente ao Reading Terminal Market. Outra excelente opção 4 estrelas é o Loews Hotel, com excelente localização e muito conforto.

Se prefere um apartamento ou está em um número maior de pessoas, também há algumas boas opções no centro. Uma delas é o East Chesnut Street Apartament, e a outra é o Lux Duplex.

E é claro que há opções mais econômicas para quem não quer gastar tanto, mas ainda quer um bom lugar para ficar. O La Resérve Bed and Breakfast tem uma decoração linda!! O Philadelphia Hotel Bella Vista também é super charmoso e tem um preço ótimo.

Opção para mochileiro? Sim! Encontrei dois hostels muito bem avaliados no Booking, um deles é o City House Hostel e o outro é o City House Old City.

Se nenhum desses lhe pareceu interessante, você pode pesquisar diversas outras opções no Booking.com!

O que fazer na Philadelphia? Dia 1

Minha sugestão é que você tente chegar na cidade ainda de manhã, o mais cedo possível — assim conseguirá conhecer grande parte das atrações no primeiro dia e estará no local certo na hora do almoço! Esse dia será reservado para a parte histórica e para o centro de Philly.

Visitor Center

A primeira parada será no Visitor Center, onde você pode pegar um mapa da cidade e um ticket para o Independece Hall, que será a próxima parada e fica logo em frente. No Visitor center também tem algumas exposições e informações sobre a cidade.

Independence Hall

philadelphia
A visita ao Independece Hall é gratuita, mas é necessário pegar um ticket com hora marcada no Visitor Center. Esse local é importante porque a declaração da independência dos Estados Unidos foi assinada ali dentro, em 1776. Além disso, a primeira (e única) constituição americana foi escrita lá.

O tour é guiado, mas é todo em inglês. Mesmo que você não entenda o idioma, acho que a visita vale a pena pois você verá as salas como eram e alguns móveis originais da época. Além disso, o prédio se tornou patrimônio mundial da Unesco.

Liberty Bell

filadelfia

Outro ícone da independência é o Liberty Bell, um sino que ficava dentro do Independence Hall e era tocado durante todos os anúncios públicos, inclusive quando foi assinada a independência do país.

Em 1846 ele rachou e, desde então, não é mais usado. Hoje ele fica em frente ao Visitor Center e a visitação também é gratuita, sem hora marcada. Você pode aproveitar para visitá-lo enquanto espera o horário da sua visita ao Independece Hall.

Ali perto tem alguns outros prédios históricos e museus, mas acho que não vale a pena para quem vai ficar apenas dois dias na cidade, a menos que você se interesse muito pela história dos Estados Unidos,

Terminal Market

filadelfia Reading Terminal Market

Seguindo para o centro da cidade, preferencialmente na hora do almoço, vá conhecer o Reading Terminal Market, um dos mercados mais antigos dos Estados Unidos. Lá você encontra muita coisa gostosa para comer na hora ou para levar para casa, como o cheesesteake, frutos do mar e os doces Amish.

Cheesestake

No mercado você encontrará comida, doces, especiarias, frutas e muito mais…  Minha sugestão para o almoço é um Philly Cheesestake, um sanduíche muito típico da Philadelphia. É feito em uma baguete de pão, com carne bem picadinha e queijo. É uma delícia!

filadelfia

Sorvete Bassetts

De sobremesa, recomendo um sorvete da sorveteria Bassetts, a mais antiga dos Estados Unidos. Juro que é o melhor sorvete que já tomei na minha vida, especialmente o de Cookies and Cream.

filadelfia

City Hall

A próxima parada será no City Hall, o prédio da prefeitura. Na minha opinião é um dos prédios mais bonitos da cidade e é possível visitar seu interior e subir na torre para ver a cidade do alto por 6 dólares. Já o tour completo no interior do prédio custa 12 dólares.

filadelfia
filadelfia
Em frente ao City Hall tem uma praça bem bonitinha com algumas “pecinhas” de jogos de tabuleiro e dominó. Dá para tirar algumas fotos bem divertidas!

Love Park

E já que Philly é a cidade do amor fraternal, um dos principais cartões postais da cidade é o Love Park com um monumento escrito “Love”, parada obrigatória para os casais fotografarem.

filadelfia

Roteiro para o dia 2 na Philadelphia

O segundo dia será mais curto, considerando que você vai embora mais no fim da tarde e não terá tanto tempo disponível na cidade. São apenas duas atrações, relativamente próximas uma da outra.

Museu de Arte da Philadelphia + Rocky Balboa

O segundo dia começa no Museu de Arte da Philadelphia. Outro motivo pelo qual a cidade é muito famosa é o filme Rocky Balboa, e uma das cenas mais famosas do filme se passa ali nas escadarias do Museu de Arte.

filadelfia
 Eu e o Rocky Balboa hahaha

Além de ver muita gente subindo as escadas correndo e imitando a cena do filme, você também verá muita gente tirando fotos com a estátua que fica ao lado do museu.

filadelfia
O museu foi inaugurado há 140 anos e possui mais de 200 galerias. Ele funciona de terça a domingo, de 10 da manhã até 5 da tarde e a entrada custa 20 dólares para adultos.

Eastern Penitentiary

Quando sair do museu, eu recomendo um passeio um pouco diferente, mas muito legal: a Eastern Penitentiary.

filadelfia

Essa é uma das primeiras penitenciárias do mundo, inaugurada em 1829. Naquela época ela era considerada mais luxuosa que a Casa Branca, já que tinha aquecimento, sanitários e duchas dentro de cada cela — e todas eram individuais. Essa penitenciária já teve alguns “moradores” famosos, como o Al Capone, e alguns bem curiosos, como um cachorro que matou o gato do governador do estado e foi condenado a prisão perpétua.

Hoje, obviamente, ela não funciona mais como penitenciária e é aberta ao público. O tour acontece de hora em hora, custa 14 dólares e é feito em grupo e com um guia. Durante a visita, você vai conhecer um pouco mais da história do local e algumas curiosidades — como a do cachorro preso, vai ver algumas celas e outras partes da penitenciária.

Pode parecer meio bizarro, mas é um passeio bem diferente e interessante. Leia mais sobre a história da penitenciária no blog Mau Oscar.

A Philadelphia tem um lugar muito especial no meu coração, pois foi lá onde eu fiz meu primeiro intercâmbio, e eu espero voltar logo para visitar. Espero que você goste tanto da cidade quanto eu 🙂


Vai viajar? Faça suas reservas com nossos parceiros!

Fazendo suas reservas com as empresas parceiras, você não paga nada a mais por isso e ajuda o blog a se manter, pois a cada venda nós ganhamos uma pequena comissão. Dessa forma, podemos continuar produzindo conteúdo gratuito e te ajudando a viajar mais e mais! Só indicamos empresas de nossa confiança!
 
Author

Débora, 24 anos, apaixonada por viagens e fotografia. Quanto mais eu viajo, mais eu quero viajar. Quanto mais eu conheço o mundo, mais eu me apaixono por ele...

Escreva um comentário