Brasilroteiro

Fim de semana em Macacos – MG: o que fazer, onde comer e onde ficar

macacosmgigreja

Macacos – MG é o nome mais popular para o distrito de São Sebastião das Águas Claras, um arraial que pertence a Nova Lima e fica bem pertinho de BH, a menos de 30 km da capital mineira. É um lugar muito gostoso para passar um fim de semana ou feriado prolongado, e aproveitar as pousadas e os deliciosos restaurantes que existem por ali, além das cachoeiras e outras atrações.

Na verdade, Macacos é tão pertinho de BH que muita gente vai lá apenas passar o dia ou comer em algum restaurante, sem a necessidade de passar a noite. Eu acho que vale muito a pena ficar pelo menos 2 dias, mesmo se você mora em Belo Horizonte ou na região metropolitana.

Eu aproveitei um feriado prolongado e fiquei em Macacos com meu namorado de quinta a domingo. Infelizmente não conseguimos fazer muita coisa pois estava bem frio, mas na realidade nosso objetivo era descansar bastante e nós conseguimos! Foi uma delícia!

Pousadas em Macacos – MG

É até engraçado pensar em como uma “cidade” tão pequena possui tantas pousadas. E o melhor é que existem opções para todos os gostos, desde as mais rústicas até as mais luxuosas. Eu recomendo que você faça a reserva da sua pousada em Macacos com antecedência, principalmente para os feriados, assim você consegue escolher entre as melhores opções com bons preços.

Mas, se preferir, chegando lá você vai encontrar várias pousadas que não estão online, mas eu acho chato ter que ficar entrando em várias, fazendo pesquisa de preço e etc. Por isso prefiro fazer a reserva no Booking, assim já vou com tudo garantido, consigo ver a avaliação do local e tenho muito menos trabalho!

Chalés do Beto

Eu me hospedei em um lugarzinho muito gostoso e aconchegante, chamado Chalés do Beto. Encontrei no Booking e era um dos locais com o melhor preço, mesmo sendo um espaço bem maior que os quartos de pousadas, e não poderia ter sido melhor! São vários chalés com uma boa distância entre eles, o que garante bastante privacidade. Todos eles possuem cozinha e são muito bem equipados.

O Beto, dono do local, é uma ótima pessoa e estava sempre pronto para nos ajudar. Eu pedi para ele montar uma fogueira pra gente e, além de montar, ele ainda nos ajudou a acender. Ainda tínhamos uma rede, uma pequena churrasqueira que acabamos não usando, alguns temperos caso quiséssemos cozinhar, um pouquinho de café, açúcar e sal, além de uma TV, DVD e alguns filmes que poderíamos pegar emprestado.

Os chalés ficam um pouco afastados do centrinho, o que é ruim porque não dá para fazer nada sem carro (e o trânsito pode ser um pouco caótico por ali), mas ao mesmo tempo é maravilhoso pois é um sossego sem fim! Além disso, não há wifi (mas a internet do celular funciona perfeitamente), nem café da manhã, mas não sentimos falta já que tínhamos a cozinha.

Queríamos ficar em um local diferente, fugindo das pousadas padrão onde geralmente nos hospedamos e foi incrível. Mas, se você preferir ficar em pousadas com mais opções de lazer, também há inúmeras opções por ali. Há muitas pousadas com piscina, sauna, academia, SPA…

Onde comer em Macacos – MG

Como o chalé tinha cozinha, nós acabamos fazendo algumas refeições por ali mesmo e não conhecemos tantos restaurantes. Mas, o pouco que conhecemos foi surpreendente e nós amamos!

Sítio Bar

Nós passamos por ele para chegar no chalé e de cara achamos um lugar muito bonito! Ele é alto e todo de madeira, um charme só! Decidimos almoçar ali um dia, e amamos a comida. Pedimos carne e batata frita e estava muito bom, de verdade. Lá tem várias opções de churrasco, petiscos, sobremesas e bebidas. O espaço é lindo e possui playground para as famílias com crianças. O atendimento é ótimo e o restaurante possui estacionamento próprio!

Vila Real

Um dos motivos da nossa viagem era para comemorar nosso aniversário de namoro, e decidimos que nesse dia queríamos comer fondue <3 O restaurante mais famoso e que haviam nos indicado já estava lotado e, por uma enorme sorte, acabei encontrando o Vila Real pela internet e foi uma deliciosa surpresa.

Ele fica dentro da pousada Vila Solaris e é um restaurante bem sofisticado. Acabei não olhando o cardápio, mas sei que, além do fondue, eles vendem carne e possuem carta de vinhos. Também tem música ao vivo, o atendimento é excelente, o local é super aconchegante e possui estacionamento próprio. Só uma dica: faz bastante frio por ali!

Empório Xuru

Esse não é um restaurante, mas é uma dica que não poderia faltar aqui! As balas delícia de Macacos são super famosas, e com razão. O Empório Xuru vende as balas mais deliciosas que eu já comi na minha vida inteira, e olha que sou quase uma formiga de tanto que amo doce. Até meu namorado que não gosta dessas balas amou as de lá.

Elas derretem na boca, tem diversos recheios e, como vende muito, elas estão sempre novinhas. As minhas favoritas são a de brigadeiro e a de coco. Também experimentei a de nozes, de maracujá e de doce de leite, e todas são muito boas!

Nessa mesma loja você vai encontrar outros doces (de leite, goiaba, etc), bebidas e até salgados congelados. Nós compramos um pão de queijo muito gostoso, que era congelado mas caseiro (esqueci a marca, sorry).

O que fazer em Macacos – MG

Além de comer muito bem, descansar bastante e curtir muito seu chalé ou pousada, existem outras atrações bem legais na cidade. Eu acabei não fazendo esses passeios porque estávamos em outra vibe, mas já quero muito voltar para aproveitar tudo que Macacos tem a oferecer.

Cachoeiras em Macacos

Confesso que eu queria muito ter ido em pelo menos uma cachoeira, mas acabamos acordando tarde todos os dias e meu namorado estava com o joelho machucado, então decidimos deixar para a próxima oportunidade. Além disso, achei que faltou um pouco de informação e sinalização sobre as cachoeiras e tivemos dificuldade para encontrá-las.

Uma das mais famosas é a Cachoeira de Macacos, e sua entrada fica próxima à pousada e bar Orangotango. É preciso parar o carro por ali e seguir o caminho andando por cerca de 20 minutos.

Outra que é bem famosa é a Cachoeira Central, que fica a cerca de 1km do centrinho de Macacos. É uma cachoeira de fácil acesso mas, por causa disso, ela acaba ficando bem cheia, um pouco suja e degradada.

Além disso, há a Cachoeira da Ponte, Cachoeira dos Mendes e Cachoeira do Dantês, todas bem populares. Se você não conhece a região, sugiro que peça inicação a alguém da pousada em que se hospedar, pois é quase impossível encontrar as cachoeiras seguindo as placas quase inexistentes ali.

Passeio de quadriciclo

Outra atração muito popular em Macacos é o passeio de quadriciclo. Eu não fiz, mas sei que muita gente que vai pra lá faz esse passeio. Pelo que eu entendi, não é possível apenas alugar o quadriciclo e sair andando sozinho. É preciso contratar todo o passeio, no qual um guia leva um grupo para fazer uma trilha ou para chegar até uma cachoeira.

Existem algumas empresas por lá que fazem esse passeio, inclusive uma delas fica na rua principal, bem fácil de encontrar. Pelas minhas pesquisas, os preços começam em R$150 para duas pessoas em um quadriciclo.

Dicas para quem vai visitar Macacos – MG

– Em Macacos não há caixas eletrônicos nem posto de gasolina. Vá preparado!

– Vários locais não aceitam cartão de crédito, então é bom ter dinheiro vivo ou cartão de débito disponível.

– As coisas podem ser um pouco caras por ali, então se tiver a intenção de cozinhar ou de fazer seu próprio café da manhã, vale a pena comprar tudo em BH e já levar.

– Esteja preparado para o frio e para o calor! Eu fui na metade de junho, no fim do outono. Durante o dia fazia bastante calor (mas no chalé era super fresquinho) e durante a noite esfriava bastante. Quando fomos comer o fondue, quase morremos de frio na hora de ir embora.

– Macacos é bem pequenininha, praticamente só uma rua que é de mão dupla, mas não é muito larga. Se há um carro estacionado, é praticamente impossível passarem outros dois juntos. Por isso, o trânsito é um pouquinho complicado por ali quando a cidade está cheia.

– Há um estacionamento gratuito na rua principal (mais no alto, perto da escola) e alguns estacionamentos pagos. É permitido parar na rua, mas pode ser bem difícil encontrar uma vaga.

Foi minha primeira vez em Macacos e eu adorei o arraial. Se você é de BH ou vai passar alguns dias na cidade, acho que vale super a pena curtir um final de semana por lá. Se você já conhece, deixa um comentário compartilhando suas dicas conosco! Quero voltar e vou adorar conhecer novos lugares 🙂

0
Débora Resende
Débora Resende
Débora, 22 anos, apaixonada por viagens e fotografia. Quanto mais eu viajo, mais eu quero viajar. Quanto mais eu conheço o mundo, mais eu me apaixono por ele...

29 Comments

Leave a Comment