Experiênciasparceria

Wind up – túnel simulador de paraquedismo indoor em São Paulo

windup-1

Se você, assim como eu, sempre teve vontade de saltar de paraquedas mas nunca teve coragem (ou se já saltou e quer repetir a experiência várias vezes), você precisa conhecer o Wind up, um túnel de vento simulador de paraquedismo indoor. Mas, o que isso significa? Significa que você vai entrar em um túnel que sopra ventos de até 250 km/h e vai ter a sensação que está em queda livre. Veja como foi minha experiência:

Paraquedismo Indoor em SP: como é a experiência?

Já adianto que a experiência é incrível, é tudo feito com muita segurança e dá aquele friozinho na barriga que a gente só tem antes de fazer uma coisa muito legal e diferente. 
Assim que chegamos no Wind up, tivemos que preencher um cadastro e assinar o termo de compromisso. Depois disso, vestimos o macacão e pegamos todo o equipamento — protetor auricular, capacete e óculos. Logo em seguida, fomos para uma salinha onde nosso instrutor nos deu um “treinamento”. 

Ele nos passou todas as instruções importantes, nos ensinou como é a posição ideal para ficar no túnel e nos mostrou quais seriam nossos códigos de comunicação, já que durante o voo nós não conseguiríamos conversar, por causa do barulho do vento.

Primeiro treinamos no banquinho, até o instrutor ter certeza que aprendemos direitinho. Então, finalmente é a hora de voar! Todos subimos no túnel e sentamos em uma “salinha” que fica dentro do túnel, porém, fora do vento. Recebemos as últimas instruções e começamos a voar.

Dentro do túnel de vento só ficam a pessoa que está voando e o instrutor, que vai nos auxiliando e ajudando sempre que for preciso. Se você começar a cair ele vai te segurar, se ficar na posição errada ele vai te ajudar a arrumar, e é ele que vai te ajudar a entrar e sair do túnel. 
Confesso que no primeiro voo foi um pouco difícil, mas no segundo eu consegui voar um pouco mais e foi muito divertido! É um misto de sensações pois, você sente a adrenalina da queda livre mas ao mesmo tempo sente a tranquilidade de estar flutuando. Você precisa ter essa experiência para entender o que eu estou falando!

Pacotes de voo do Wind Up

O Wind up possui quatro pacotes para quem quer voar só por diversão, além dos pacotes de treino para quem quer começar a praticar o paraquedismo de forma séria. 
Os pacotes de diversão vão de um a quatro voos, e cada voo no Wind up equivale a dois saltos de paraquedas. O que nós fizemos, e que é o recomendado pelo pessoal da empresa é o pacote “Ganhando asas”, com dois voos.
Como eu disse, o primeiro voo foi um pouco mais difícil, pois era minha primeira experiência, e o segundo já foi bem mais tranquilo e muito divertido. Então, eu também recomendo que façam no mínimo dois voos, pois o primeiro é mais para sentir a experiência e te deixar com um gostinho de quero mais. 
Para quem tem interesse nos pacotes de treino, existem as opções de 6 a 60 minutos de voo. A grande vantagem de treinar em um túnel simulador é que, além de mais barato, é muito mais prático. Em poucos segundos você entra ou sai do túnel, e não precisa pegar um avião para subir várias vezes. Acho que vale muito a pena para quem quer ganhar experiência de forma rápida!

Qualquer pessoa pode voar?

Crianças a partir de 5 anos e adultos de até 150 kg podem praticar paraquedismo indoor no Wind up. Não é preciso ter nenhuma experiência prévia.

Dicas para quem quer praticar paraquedismo indoor:

Minha primeira dica é para quem tem o cabelo muito grande: façam uma trança e depois prendam em um coque muito bem preso. Uma touca de proteção faz parte dos equipamentos para quem tem cabelos compridos (dá para ver nas fotos, que estou usando), mas, por ser bem grande e muito pesado, meu cabelo acabou se soltando do coque que eu não fiz muito bem. O vento forte fez com que ele ficasse super embolado e eu gastei quase uma hora para desembaraçar com os dedos (levem um pente!)
Outra dica importante, que na verdade faz parte das “regras”, é ir com roupas confortáveis e tênis, além de fazer uma refeição leve. Além disso, a recomendação é chegar com uma hora de antecedência.

Por último, mas não menos importante: vá com amigos incríveis, assim como eu fui. Isso vai fazer com que seu voo seja muito mais divertido! Você pode ver a experiência do Matheus Crespo, no blog O baú do viajante e da Alyssa no blog Alyssa Prado.

Ah, e não deixem de assistir o vídeo incrível produzido pela Casa Parallax! <3

O Foco no Mundo agradece ao Wind Up pela cortesia nos voos e à Casa Parallax pelas fotos e pelo vídeo. Lembrando que todas as opiniões contidas aqui são totalmente verdadeiras e baseadas na minha experiência! 

0
Débora Resende
Débora Resende

Débora, 22 anos, apaixonada por viagens e fotografia. Quanto mais eu viajo, mais eu quero viajar. Quanto mais eu conheço o mundo, mais eu me apaixono por ele…

2 Comments

Leave a Comment