Você não precisa ser rico para viajar

dinarservio1993-5
500 bilhões de dinares sérvios (moeda de 1993)

Uma das coisas que mais me incomoda quando eu estou viajando, é que em praticamente todas as minhas fotos nas redes sociais eu recebo comentários do tipo: “Rica!”, “Que vida boa, queria ter uma vida assim…”. E todo mundo que eu vejo viajando para o exterior, recebe os mesmos comentários. Claro que muitas vezes é na brincadeira, mas toda brincadeira tem um fundo de verdade, não é mesmo? 

O que me incomoda é ver que essas pessoas “queriam ter uma vida assim”, mas não fazem o mínimo esforço para isso acontecer. Me incomoda ver as pessoas dizendo “que vida boa!” como se tudo tivesse caído do céu, e aquela pessoa que postou a foto durante a viagem não tivesse lutado muito para estar ali. Vejo muitas pessoas com um carro zero, o último Iphone lançado, indo para a balada todo final de semana, dizendo que não viajam por que não tem dinheiro. Talvez essas pessoas tenham mais dinheiro que eu, é só uma questão de prioridades!

Você não precisa ser rico para viajar. Você só precisa rever suas prioridades e ter foco. 

Quando eu decidi que queria fazer uma viagem longa, eu tive que abrir mão de muitas coisas. Foram seis meses focada em juntar dinheiro. Além do emprego que eu tinha, eu comecei a fazer vários “freelas”, e trabalhava de domingo a domingo. Foram seis meses recusando vários convites para sair, seis meses sem comprar roupas, maquiagem ou qualquer coisa que não fosse extremamente necessária. Foi um semestre almoçando em casa e levando lanche para a faculdade para não precisar comer fora.
Muita gente pode dizer: “Ah, mas você mora com seus pais. Você não tem uma conta para pagar.” Realmente, eu tenho essa vantagem, mas já pensou quantas contas desnecessárias você paga todo mês? As despesas do carro, a manicure e o cabeleireiro semanalmente, as roupas de marca, os almoços em restaurantes…

Talvez você não gaste com essas coisas que eu citei, assim como eu não gastava, mas com certeza você tem despesas com outras coisas que você não precisa. Claro que não estou falando que você precisa abrir mão de tudo isso para o resto da sua vida, é só até você conseguir o dinheiro necessário para sua viagem. Quando voltar para casa, você pode voltar a viver sua vida normal novamente. 
E ao contrário do que muita gente pensa, viajar não é tão caro. Você não precisa de luxo para fazer uma viagem maravilhosa! Você pode se hospedar em hotéis simples, conhecer países onde nossa moeda é valorizada e não precisa fazer tantas compras.

Eu passei dias e noites pesquisando preço de passagem e hotel, até achar os mais baratos e nunca fiquei em um hotel chique. Várias vezes eu dormi no aeroporto para comprar uma passagem mais barata e ainda economizar uma diária de hospedagem. E o quanto eu andei a pé ou no transporte público lotado para não precisar pegar um táxi? Não me arrependo nem um segundo de ter feito tudo isso para economizar durante a viagem. Assim eu pude gastar com outras coisas que são mais importantes para mim, como passeios, um voo de balão, entradas em atrações e comidas típicas.
Reveja suas prioridades. Se você quer mesmo viajar, foque nisso e corra atrás do seu objetivo. Não fique esperando que a “vida boa” caia do céu. 



ORGANIZE SUA VIAGEM COM OS PARCEIROS DO BLOG

Encontre os melhores hotéis através do Booking.com 
Ganhe desconto na primeira reserva de apartamentos por temporada no Airbnb 
Contrate seu seguro com 15% de desconto na Mondial Assistance (código AFILI2016)
Compare os preços das melhores empresas de seguro viagem na Real Seguros

0
Débora Resende
Débora Resende

Débora, 22 anos, apaixonada por viagens e fotografia. Quanto mais eu viajo, mais eu quero viajar. Quanto mais eu conheço o mundo, mais eu me apaixono por ele…

2 Comments

Leave a Comment