Navigation Menu

Roteiro: 2 dias na Philadelphia - EUA

Philadelphia, ou Philly para os íntimos, é uma cidade cheia de amor e de história para contar. A cidade, cujo nome significa "amor fraterno", foi a primeira capital americana, além de ser a cidade onde foi assinada a declaração de independência do país.


Apesar de ser uma cidade grande, com mais de 1,5 milhões de habitantes, a Philadelphia não é uma cidade com muitas atrações turísticas, por isso 1 ou 2 dias são suficientes para conhecer o principal. É uma ótima opção de "bate-volta" para quem está em Nova York ou Washington DC, já que a cidade está a 2 horas de NYC e a 2 horas e meia de DC. Mas, mesmo sendo um bate-volta, eu recomendo que durmam na cidade pelo menos uma noite.

A primeira parada será no Visitor Center, onde você pode pegar um mapa da cidade e um ticket para o Independece Hall, que será a próxima parada e fica logo em frente. No Visitor center também tem algumas exposições e informações sobre a cidade.

Independence Hall
A visita ao Independece Hall é gratuita, mas é necessário pegar um ticket com hora marcada no Visitor Center. A declaração da independência dos Estados Unidos foi assinada dentro do Independence Hall em 1776, além disso a primeira (e única) constituição americana foi escrita lá. O tour é guiado, mas é todo em inglês. Mesmo que você não entenda o idioma, acho que a visita vale a pena pois você verá as salas como eram, alguns móveis originais e além disso o prédio se tornou patrimônio mundial da Unesco.

Liberty Bell
Outro ícone da independência é o Liberty Bell, um sino que ficava dentro do Independence Hall e era tocado durante os anúncios públicos, inclusive quando foi assinada a independência. Em 1846 ele rachou e desde então não é mais usado. Hoje ele fica em frente ao Independece Hall e a visitação também é gratuita, sem hora marcada. Você pode aproveitar para visitá-lo enquanto espera o horário da sua visita ao Independece Hall. 

Ali perto tem alguns outros prédios históricos e museus, mas acho que não vale a pena para quem vai ficar apenas dois dias na cidade, a menos que você se interesse muito pela história dos Estados Unidos,

Seguindo para o centro da cidade, se já estiver na hora do almoço vá conhecer o Reading Terminal Market, um dos mercados mais antigos dos Estados Unidos.

Reading Terminal Market
No mercado você encontrará comida, doces, especiarias, frutas e muito mais...  Minha sugestão para o almoço é um Philly Cheesestake, um sanduíche muito típico da Philadelphia. É feito em uma baguete de pão, com carne bem picadinha e queijo. É uma delícia!

Cheesestake
Sorvete Bassetts
De sobremesa, recomendo um sorvete da sorveteria Bassetts, a mais antiga dos Estados Unidos. Juro que é o melhor sorvete que já tomei na minha vida, especialmente o de Cookies and Cream. 

City  Hall
A próxima parada será no City Hall, o prédio da prefeitura. Na minha opinião é um dos prédios mais bonitos da cidade e é possível visitar seu interior e subir na torre para ver a cidade do alto. Para subir na torre o valor é 6 dólares e o tour completo ao interior do prédio custa 12 dólares.


Em frente ao City Hall tem uma praça bem bonitinha com algumas "pecinhas" de jogos de tabuleiro e dominó. Dá para tirar algumas fotos bem divertidas!

Love Park
E já que Philly é a cidade do amor fraternal, um dos principais cartões postais da cidade é o Love Park com um monumento escrito "Love", parada obrigatória para os casais fotografarem.

O segundo dia irá começar no Museu de Arte da Philadelphia. Outro motivo pelo qual a cidade é muito famosa é o filme Rocky Balboa, e uma das cenas mais importantes do filme se passa ali nas escadarias do Museu de Arte.
Estátua de Rocky Balboa, ao lado do Museu de artes da Philadelphia
Além de ver muita gente subindo as escadas correndo e imitando a cena do filme, você também verá muita gente tirando fotos com a estátua que fica ao lado do museu.

O museu foi inaugurado há 140 anos e possui mais de 200 galerias. Ele funciona de terça a domingo, de 10 da manhã até 5 da tarde e a entrada custa 20 dólares para adultos.

Quando sair do museu eu recomendo um passeio um pouco diferente, mas muito legal, a Eastern Penitentiary.

Uma das celas da Eastern Penitentiary
Essa é uma das primeiras penitenciárias do mundo, inaugurada em 1829. Naquela época ela era considerada mais luxuosa que a Casa Branca, já que tinha aquecimento, sanitários e duchas dentro de cada cela, e todas eram individuais. Essa penitenciária já teve alguns presos famosos, como o Al Capone, e alguns bem curiosos, como um cachorro que matou o gato do governador do estado e foi condenado a prisão perpétua. Hoje, obviamente, ela não funciona mais como penitenciária e é aberta ao público. O tour acontece de hora em hora, custa 14 dólares e é feito em grupo e com um guia. Durante a visita, você irá conhecer um pouco mais da história e algumas curiosidades como a do cachorro preso, vai ver algumas celas e outras partes da penitenciária. Pode parecer meio bizarro, mas é um passeio bem diferente e interessante. Leia mais sobre a história da penitenciária no blog Mau Oscar.


Philly tem um lugar muito especial no meu coração, pois foi lá que eu fiz meu primeiro intercâmbio e eu espero voltar logo para visitar. Espero que você goste tanto da cidade quanto eu :)


ORGANIZE SUA VIAGEM COM OS PARCEIROS DO BLOG
Encontre os melhores hotéis através do Booking.com 
Ganhe desconto na primeira reserva de apartamentos por temporada no Airbnb 
Contrate seu seguro com 15% de desconto na Mondial Assistance (código AFILI2016)
Compare os preços das melhores empresas de seguro viagem na Real Seguros

0 comentários:

Siga! @blogfoconomundo